resenhas category image
As Crônicas de Nárnia – O Sobrinho do Mago
Wednesday 28/02/2018 às 17:40 4428 Views Arquivado em: Resenhas

Apesar de ter lido as Crônicas de Nárnia há muitos anos, nunca havia parado para registra-las na forma de resenha aqui no Bookaholic, o que na verdade é um crime, uma vez que é um de meus livros favoritos. Então, aproveitando minha releitura dessa série tão fantástica, resolvi compartilhar com vocês um pouquinho das minhas considerações sobre os livros. O Sobrinho do Mago, é com certeza um de meus favoritos. Adoro como somos introduzidos ao mundo de Nárnia e através da narrativa espetacular do autor, nos sentimos parte dela. As Crônicas de Nárnia foram escritas pensando num público infanto juvenil, mas até o público mais adulto se encanta e se envolve com seu universo. Gosto muito da escrita de Lewis justamente porque ele consegue ser detalhista sem se tornar cansativo. Seus livros possuem uma leveza que não encontramos em nenhum outro e é fácil, muito fácil se apaixonar por cada um de seus personagens. Se você ainda não leu essa série ou ainda não assistiu pelo menos aos filmes, fica aqui minha dica mas já aviso: prepare-se para se apaixonar!

“Quando as coisas vão mal, parece que vão de mal a pior durante certo tempo; mas quando começam a ir bem, parecem cada vez melhores.”

A História

O Sobrinho do Mago conta a história da criação de Nárnia. Não foi o primeiro livro a ser escrito cronologicamente falando, mas é nele que conhecemos Aslam, a Feiticeira Branca e somos introduzidos ao universo de Nárnia, então faz todo o sentido ler este antes de qualquer outro. O livro conta a estória de dois jovens, Digory e Polly que certo dia, ao tentarem aventurar-se em uma casa vizinha que estava abandonada, acabaram encontrando uma passagem para uma sala secreta da casa do próprio Digory, onde seu tio André, que acreditava ser um feiticeiro, fazia experiências a fim de chegar a outros mundos, e numa dessas acabou por descobrir alguns anéis que permitiam essas viagens. Muito medroso para testar nele mesmo se o experimento daria certo, ele acaba convencendo Polly a usar um dos anéis de cor amarela, que permitia essa viagem para outro mundo. Apavorado com o desaparecimento repentino de sua amiga, Digory acaba indo atrás dela, levando consigo o anel verde, que permitiria o retorno de ambos para Londres, onde viviam. O lugar onde eles vão parar, pode ser descrito como uma espécie de floresta, com diversos lagos que funcionam como portais para diversos mundos. Durante a aventura, Digory acaba tocando um sino que desperta a Rainha Jadis (que mais pra frente nos próximos livros conheceremos como Feiticeira Branca) e com isso desperta também o mau no mundo. Aslam também aparece nesse livro e é através de seu canto que toda a terra de Nárnia é criada. É sabido que C. S. Lewis, apesar de escrever um livro de fantasia, pegou elementos bíblicos para descrever a criação do mundo de Nárnia. Há que diga que esse livro em especial é uma referencia ao livro de Gênesis na Bíblia e que foi uma maneira que ele criou para explicar o evangelho para as crianças.

O Autor

Clive Staples Lewis nasceu na Irlanda, em 1898. Em 1954, tornou-se professor de Literatura Medieval e Renascentista em Cambridge. Foi ateu durante muitos anos e se converteu em 1929. Essa experiência o ajudou a entender não somente a indiferença como também a indisposição de aceitar a religião. Suas obras são conhecidas por milhões de pessoas no mundo inteiro. A abolição do homem, Cartas de um diabo a seu aprendiz, Cristianismo puro e simples e Os quatro amores são apenas alguns de seus best sellers. Escreveu também livros de ficção científica, de crítica literária e para crianças. Entre estes estão As Crônicas de Nárnia, sucesso mundial absoluto. C. S. Lewis morreu em 1963, em sua casa em Oxford.

Etc…

Capa e Projeto Gráfico: [rating:4/5]
História: [rating:5/5]
Narrativa: [rating:5/5]
Autor: C.S. Lewis
Skoob: As Crônicas de Nárnia
Editora: Martins Fontes




Sobre o autor do post:

Meu nome é Priscila, mas por favor me chame de Pri, não sou uma pessoa de muitas formalidades. Ler é um dos meus passatempos favoritos, por isso criei o Bookaholic para compartilhar com vocês um pouco do que leio entre outras paixões que compõe o meu mundo. Fã de séries, filmes e outras coisinhas do universo nerd, publico aqui também um pouco do meu dia-a-dia. Designer por formação, corretora por profissão, sou evangélica, fã de super heróis, e de Contos de Fadas, de Friends e Gilmore Girls, para sempre uma apaixonada por literatura, girly stuffs, viagens, filmes, séries e boa música. Mãe de três peludos lindos: Summer, Bridget Jones e Ártemis.
E-mail: priscilabraga@gmail.com



Posts Relacionados



resenhas category image
Melancia
Tuesday 27/02/2018 às 18:57 4405 Views Arquivado em: Resenhas

Você pode não acreditar, mas sim, eu Priscila, fã de chick-lit, nunca tinha lido um livro da Marian Keys. Acredito que tudo existe um tempo certo na vida e acredite, eu li na melhor época possível. Não é a toa que ela é tida por muitos como uma das “divas” do chick-lit e este livro em especial seja uma referencia para o gênero. Com a dose certa de drama, esse “clássico” tem o equilíbrio perfeito entre romance, drama, comédia e é claro aquele toque de galã clichê que faz qualquer leitora suspirar. Se me perguntassem sobre o que se trata o livro, eu diria que é sobre um reencontro consigo mesma. Claire precisou chegar ao fundo do poço para olhar para si e se dar conta do mulherão que ela é. Acho que todas as mulheres passam por isso em certo ponto da vida… As vezes nos esquecemos de quão incrível somos e nos deixamos apagar seja por um marido, namorado ou qualquer outra pessoa que ocupe um papel importante em nossas vidas. Melancia foi o primeiro livro da Marian que li mas definitivamente não será o ultimo, pois mais do que nunca quero conhecer toda a série das irmãs Walsh! E você, já leu esse “clássico” da literatura mulherzinha? Gostou? Compartilha aí comigo nos comentários que vou adorar ler sua opinião!

“Quem é o encarregado aqui? Gostaria de me queixar da minha vida. Claramente, pedi uma vida feliz, com um marido amoroso, para combinar com meu bebê recém-nascido, e que falsificação grotesca era aquela que me ofereciam?”

A História

Claire Walsh acaba de dar a luz. Tudo estaria perfeito se não fosse por um detalhe: seu marido James achou que seria uma excelente oportunidade para comunica-la que estava tendo um caso com a vizinha, uma tal de Denise e que a deixaria para viver com ela… Claire vê seu mundo desabar, então resolve deixar Londres e ir com a pequena Kate para casa de seus pais em Dublin, na Irlanda. Os primeiros dias são desastrosos e entre dias de bebedeira e muitas crises de choro, Claire se lamenta de seu triste destino. Mas os dias passam e ela aos poucos vai se redescobrindo e descobrindo que o mundo não acabou junto com seu casamento, e fica ainda melhor quando Adam, um amigo de sua irmã Helen surge em sua vida para lembra-la que ela não estava morta e que o sorriso dele era realmente incrível… A história de Claire introduz com maestria o fantástico mundo das irmãs Walsh, e você não pode deixar de conhecer todas elas!

A Autora

Marian Keyes é uma escritora irlandesa.
Graduou-se em Direito na Dublin University, sem, contudo, jamais ter exercido a profissão. Morou em Londres por muitos anos, trabalhando ora como garçonete ora em escritórios. Neste mesmo período começou sua luta contra o vício do alcoolismo e inclusive uma tentativa de suicídio, depois de vencida a batalha, alcançou o sucesso como escritora.

Etc…

Capa e Projeto Gráfico: [rating:4/5]
História: [rating:4/5]
Narrativa: [rating:5/5]
Autora: Marian Keys
Skoob: Melancia
Editora: Bertrand Brasil




Sobre o autor do post:

Meu nome é Priscila, mas por favor me chame de Pri, não sou uma pessoa de muitas formalidades. Ler é um dos meus passatempos favoritos, por isso criei o Bookaholic para compartilhar com vocês um pouco do que leio entre outras paixões que compõe o meu mundo. Fã de séries, filmes e outras coisinhas do universo nerd, publico aqui também um pouco do meu dia-a-dia. Designer por formação, corretora por profissão, sou evangélica, fã de super heróis, e de Contos de Fadas, de Friends e Gilmore Girls, para sempre uma apaixonada por literatura, girly stuffs, viagens, filmes, séries e boa música. Mãe de três peludos lindos: Summer, Bridget Jones e Ártemis.
E-mail: priscilabraga@gmail.com



Posts Relacionados



livros-em-cartaz category image
Livros em Cartaz #24: O Sétimo Filho
Friday 13/03/2015 às 11:17 12843 Views Arquivado em: Livros em Cartaz

Livro

O_APRENDIZ_1368061034B
Título: O Aprendiz
Editora: Bertrand Brasil
Número de páginas: 224
Ano de lançamento: 2008
Autor: Joseph Delaney
Skoob

O Aprendiz – Thomas Ward é o sétimo filho de um sétimo filho e se tornou aprendiz do Caça-Feitiço. A missão é árdua, o Caça-Feitiço é um homem frio e distante, e muitos aprendizes já fracassaram. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros. Quando, porém, é enganado e cai na armadilha de libertar Mãe Malkin, a feiticeira mais malévola do Condado, tem início o horror… e uma grande aventura! O aprendiz, primeiro livro da série de fantasia As aventuras do Caça-Feitiço, escrito por Jospeh Delaney (e traduzido pela prestigiada Lia Wyler, responsável pelo texto em português da saga de Harry Potter), que já vendeu centenas de milhares de exemplares em todo o mundo, é uma história repleta de emoção e muitos, muitos sustos. Por isso, cuidado: não deve ser lido à noite!

Filme

456005
O Sétimo Filho (Seven Son)
Diretor: Sergey Bodrov
Ano: 2015
Elenco: Ben Barnes, Julianne Moore, Jeff Bridges

Trailer

Curiosidades:

>> O filme era para estrear em janeiro de 2014, mas por causa de problemas das distribuidora foi adiado para esse ano.
>> Jeff Bridges e Julianne Moore não faziam um filme juntos desde 1998




Sobre o autor do post:

Tem 20 anos, mora em Uberlândia - MG, não vê a hora de estar formado e sair por ai dizendo que é um engenheiro e construindo pontes. Escreve por paixão, mas ser publicado seria uma incrível consequência disso. Quase não tem vida social, tudo culpa das séries, livros e filmes que insiste em acompanhar, mesmo não tendo tanto tempo para isso. Adora passar vergonha em público e já aprendeu que sempre vai ser mais desastrado do que pensava. Ele também sempre fica perdido quando tem que escrever uma Bio.
E-mail: dudusferreira@hotmail.com



Posts Relacionados