coluna-das-gemeas category image
Coluna das Gêmeas #59 – Heranças
Sunday 22/01/2012 às 07:01 1676 Views Arquivado em: Coluna das Gêmeas

Oi, queridos bookaholics! Como foi a semana de vocês? Tudo em paz? Muito descanso? Já ansiosos para o retorno das aulas?
Muitas coisas mudam com o início do ano, mas se pararmos para pensar, nem sempre existe uma época específica para as mudanças na nossa vida. Um exemplo disso? As heranças! Segundo o dicionário, “herança” significa “bem, direito ou obrigação transmitidos por disposição testamentária ou por via de sucessão”, e que podemos simplesmente classificar como algo que você recebe de alguém que não está mais entre nós (o que não se aplica à herança genética, se pensarmos bem! :12 ). Como o próprio significado coloca, nem sempre a herança é algo material – como é o caso da obrigação – e muitos personagens de livros mudam radicalmente suas vidas por causa de certos pedidos… Quem nos deixa nessa vida sempre nos ensina algo e nos presenteia com lembranças, ensinamentos, princípios e lições de vida, então acho que vale a pena conferir a mudança na vida dessas personagens!

A Chave Para Rondo – Emily Rodda

Chegou a vez de Leo Zifkak ter em mãos uma caixinha de música que está em sua família há muitas gerações. Junto com a caixinha, porém, vem a responsabilidade de obedecer suas regras:
01) Gire a chave apenas três vezes;
02) Nunca gire a chave enquanto a música estiver tocando;
03) Nunca segure a caixa enquanto a música estiver tocando;
04) Nunca feche a tampa antes de a música acabar.

Se analisarmos bem essas regras, poderíamos pensar duas coisas: ou a dona da caixinha era muito meticulosa com seu manuseio ou essa caixinha tem algo além da música. Adivinhem qual é a opção correta? Leo descobriu a resposta graças a sua prima Mimi, que desobeceu uma das instruções e acabou por reabrir um portal para um mundo mágico chamado Rondo! Chequem seus objetos! #vidamágicaalémdoguardaroupa
A vida dos dois já mudaria radicalmente com a descoberta desse novo mundo, mas o sequestro do cachorro de Mimi pela Rainha Azul desencadeia uma busca frenética para resgatá-lo e que não só permitirá aos dois conhecer as incríveis paisagens do lugar, mas também descobrir também uma estranha ligação entre os dois e Rondo! Eles terão muito trabalho pela frente e eu estou morrendo de curiosidade pra descobrir como farão para lidar com os seres fantásticos de Rondo! E, claro, se conseguirão recuperar o cachorrinho!

A Sociedade Secreta da Bola de Cristal Cor-de-rosa – Risa Green

Eu sempre gostei de adivinhação, estejam envolvidas cartas, bolas de cristal ou linhas da mão. Sempre. Uma brincadeira que eu e a Fernanda costumávamos fazer quando éramos crianças era a Madame Chá, uma cigana (?) com uma bola de cristal que adivinharia nosso futuro (sim, ela só nos atendia) e que sempre envolvia grandes devaneios, muitas risadas, panos e muita bagunça. E mesmo depois de crescida, esses assuntos ainda me deixam muito curiosa – pensem no estado que eu fiquei lendo “Casório?!”, quando a Lucy vai na cartomante que todo mundo diz adivinhar tudo. Pois é, eu gosto mesmo disso.
Erin, que tinha uma vida feliz, mas muito parada, recebe uma misteriosa bola de cristal cor-de-rosa de sua falecida tia favorita, Kiki – também conhecida como titia Eskikisita por viver fora da convencionalidade -, e que pode ser o início de uma grande mudança em sua vida. Tanto ela quanto suas amigas estão convencidas de que essa bola tem mesmo algum tipo de poder/magia, já que as coisas mirabolantes que elas pediram de brincadeira começaram a acontecer… Mas junto com as coisas boas, coisas desagradáveis também começaram a acontecer, como ameaças e até mesmo bullying! Ou seja, tudo começa a fugir do controle!
Eu fiquei muito curiosa com essa história e não vejo a hora de ler pra saber com a Erin e as amigas dela farão a respeito da bola! Já pensou se vocês pudessem pedir algo? Eu acho que pediria conhecimento de todas as línguas do mundo, saúde, livros (CLARO!) e… Não dá nem pra imaginar!

Tudo Aquilo que Nunca Foi Dito – Marc Levy

Julia Walsh vai se casar e, faltando poucos dias para a cerimônia, ela recebe um telefonema: seu pai Anthony (um empresário brilhante, mas um pai distante) não vai comparecer, porque tinha um compromisso que não conseguiu remarcar: sua morte. Parecia mais uma peça do destino na relação difícil dos dois. O que ela não esperava era que, no dia seguinte ao funeral, um pacote seria deixado na porta de sua casa – um pacote de seu pai, que vai fazê-la partir em uma viagem extraordinária!
Imagina que situação difícil? A relação dos dois já não era uma das sete maravilhas do mundo, e de certa forma ele conseguiu fazer com que a vida dele tomasse um rumo inesperado. Só lendo para saber se essa viagem vai trazer coisas boas ou ruins!
Ainda não lemos nenhum livro do Marc Levy, e não é por falta de vontade. Temos uma amiga que já disse que nós estamos perdendo um tempo enorme se ainda não compramos o nosso livro! Se ela gostou, tenho certeza que vou amar! Não seja boba como a gente e compre logo! Leia e se emocione!

A Filha da Minha Melhor Amiga – Dorothy Koomson

Kamryn e Adele eram amigas inseparáveis, até Adele dormir com o noivo de sua amiga, o Nate, e acabar engravidando. A amizade acaba e, anos depois, Adele descobre que tem leucemia, e poucas chances de sobreviver. Então ela acaba pedindo a Kamryn que cuide de sua filha, Tegan. Como negar um pedido desses? Apesar de ainda estar magoada com tudo o que aconteceu, ela não pode simplesmente dizer que não, não só pela criança, mas por toda a amizade que um dia elas tiveram. E, com o passar do tempo, kamryn acaba percebendo que Tegan é o melhor presente que Adele poderia ter dado!
Não lembro exatamente como descobri esse livro, acho que foi em uma das minhas voltas em livrarias… Desde quando li a sinopse, pensei: “Esse parece ser um livro emocionante!”. E acho que quando ler vou ter certeza disso. Já vi algumas resenhas muito positivas, e em todas elas as pessoas dizem que o livro tem muita emoção. Então, se você decidir ler, prepare seus lencinhos!
Eu sei que adotar a filha da amiga não é exatamente uma herança, mas mesmo assim… É uma herança. Certo?

13 Pequenos Envelopes Azuis – Maureen Johnson

Esse livro vai ser lançado pela Underworld nesse ano! Todo mundo comemorando! Todo mundo soltando fogos de alegria! Vocês não tem ideia de como eu quero ler esse livro! E já está em pré-venda na lojinha da editora, nesse link! Se você ainda não conhece, a história é a seguinte: Ginny é uma garota certinha que tem uma tia super descolada e animada. Ela acaba morrendo, e deixa para a menina uma herança um pouco estranha: 13 envelopes. Eles seguem uma ordem, e ela só poderá abrir os próximos depois que fizer o que está escrito no anterior, entenderam? Parece fácil, mas olha só o que já vem no primeiro: instruções para comprar uma passagem de avião e mil dólares. Ah! E nessa viagem ela não pode levar celular, equipamentos eletrônicos e tudo o que ela levar deve caber um uma única mochila!
Será que vocês teriam coragem de seguir tudo o que está escrito em uma carta? Pode ser que tenham coisas muito estranhas, coisas que você nunca faria na sua vida, mas acho que por ter essas possibilidades é que tudo fica muito mais emocionante! Sem contar que não dá pra deixar de pensar que, com todas as coisas novas que estão na sua frente, pelo menos ela vai crescer e conhecer muito um mundo completamente desconhecido!




Sobre o autor do post:

Helloooo! Meu nome é Fernanda, tenho 23 anos, daqui a um ano posso me chamar de administradora, mas depois quero fazer Jornalismo! Moro em Belo Horizonte há três anos, tenho uma irmã gêmea - com quem divido os livros, a estante, o quarto, o amor por novelas mexicanas e por baseball. Além disso, amo ler romances e sou uma viciada no Tumblr! Sou uma das responsáveis pela seção "Coluna das Gêmeas" (que agora é "Book: A Talk", que vai ao ar quase todos os domingos!
E-mail: fernanda3005@gmail.com



Posts Relacionados








20 Comentários em “Coluna das Gêmeas #59 – Heranças”