coluna-das-gemeas category image
Coluna das Gêmeas #84 – Frutas
Sunday 15/07/2012 às 06:08 1750 Views Arquivado em: Coluna das Gêmeas

Bom dia, bookaholics! Como estão as férias? Aproveitando para colocar as leituras em dia? A Tatiana está finalmente lendo Sussurro (olha só! :31 ) e eu caí na tentação e estou lendo três livros ao mesmo tempo – na verdade são dois, porque um deles estou lendo desde o ano passado #shameonme e ainda não tive vergonha na cara para terminar…
Mas então, continuando com nossas capas temáticas. Esses dias estava olhando a lista de livros da Nora Roberts que ainda preciso ler e comprar (e não são poucos – o que é bom se pensarmos no lado histórias a ler, e ruim no lado bolso :04 ) e vi A Villa, que foi um dos primeiros que vi da autora e que, desde então, está na minha lista de desejados. Nesse meio tempo de pesquisar preços (ainda é meio salgado) e procurar um possível espaço na estante, me toquei: além desse livro, quantos outros existem com capas de frutas? São muitos! Foi difícil escolher qual deles nós colocaríamos aqui nessa semana…  :02
Espero que gostem, aproveitem bastante as férias e as leituras, e até semana que vem!

Melancia – Marian Keyes

Quem aqui é fã da Marian Keyes? o/ Eu aposto que muitas mãozinhas dessas se levantariam no mundo todo, porque a mulher é realmente um fenômeno! Ela não só escreve histórias com uma pitada generosa de realidade, mas retrata a vida como ela é. A história pode ser leve e divertida, mas todos aqueles elementos que estão presentes na história e na sua vida te envolverão de uma maneira única. É como se fosse um tapa amortecido na cara.
Este é o primeiro livro da série da Família Walsh, queridinha por muitos fãs da autora, e conta a história de Claire. O nascimento de um bebê é, normalmente, um fato que transforma a sua vida para algo melhor, mas no caso de Claire, ela leva um grande susto ainda na maternidade, com a notícia de que seu marido está lhe abandonando para viver com outra mulher. (Isso, sinceramente, deveria ser uma das proibições que a vida deveria impor aos homens: nada de abandonos nos hospitais! Seja lá qual for o motivo que te levou a esse lugar, hospital nunca é diversão!) E o que uma mulher de 29 anos e cheia das consequências de uma gravidez pode fazer sozinha com uma criança no colo? Sim, ela volta a morar com sua família, mesmo que esta não seja a mais normal de todas, e começa a refletir sobre seu casamento e sua vida em geral. Justo quando ela começa a se sentir melhor (e menos culpada pela atitude do ex-marido, eu suponho), o bonitão resolve dar o ar da graça, pedindo Claire uma segunda chance (mais especificamente, tentando culpá-la pela atite dele).
Eu gosto muito dos livros da Marian, principalmente É Agora… Ou Nunca, mas confesso que nunca li nada da família Walsh! Talvez isso aconteça porque eu ainda não tenho Melancia e Férias (que são os primeiros da série – aliás, no Lost in Chick-Lit tem um perfil muito bom sobre a autora e mais informações sobre os livros da Marian! Super recomendo!), mas suspeito que tenho um bloqueio sem fundamento com essa família por causa da Fernanda e da leitura dela Los Angeles. Ela leu o livro com muito sacrifício e fora de ordem, então talvez ele tenha parecido chato mesmo por conta disso, mas já vi muita gente que detesta esse livro, particularmente. E se eu for ler a série, vou acabar lendo esse livro (não dá pra deixá-lo de fora, né?), o que será meio desafiador, já que eu também já tentei ler e parei.
Se você ainda não teve a oportunidade de ler nada dela e tiver vontade, comece por um dos seus livros individuais, até mesmo para você conhecer a narrativa e o estilo das histórias! E depois nos contem!

A Villa – Nora Roberts

Imagine você, uma empresária experiente e que está pronta para quase tudo o que aparece, de repente precisa lidar com uma fusão de sua empresa? Isso acontece com Sophia, que agora precisa lidar pessoalmente com Tyler MacMillan – e isso tudo para facilitar a fusão. Enquanto ela ajuda Ty (meu íntimo, com licença :23 ) no marketing, ele deve mostrar a ela como trabalhar com a terra a fim de frutas mais doces. Ah, e no meio de tudo isso está uma atração mútua e a rivalidade profissional!
Pensam que acabou? Pois se enganaram! Além disso, existem alguns atos de sabotagem que ameaçam a empresa e a própria família de Sophia, que precisa manter o comando dos negócios e lutar por sua própria sobrevivência! :34
Somos fãs de carteirinha da Nora Roberts, e esse ainda não tivemos a oportunidade de ler. Mas tenho que dizer… Que medo desse negócio de sabotagem! :38 Eu lembro que quando li Segredos e teve um assassinato, eu fiquei doida querendo saber quem tinha sido porque eu sentia que, se não descobrisse logo, não ia ter paz. Aí eu fiz o errado: olhei pra frente e descobri! #mejulguem Mas se forem ler A Villa, não sigam o meu exemplo! :13 E eu prometo que não farei isso!

O Verão e a Cidade – Candace Bushnell

Eu morro de vontade, mas ainda não vi todos os episódios de Sex and The City – e estou ainda muito longe disso! Mas ainda que eu tenha muita curiosidade pela série, tenho ainda mais pela vida da Carrie enquanto adolescente! Nesta série, Candace Bushnell conta como a garota era apaixonada pelo jornalismo e como fora parar Nova York – aliás, neste segundo livro, ela está em NYC para fazer um curso de escrita criativa. Mas eu acredito que, uma vez que você está em uma das cidades mais badaladas e interessantes do mundo, não é só num curso que você vai prestar sua atenção, né? Carrie está completamente encantada pela cidade e tudo o que ela oferece, o que é o oposto da cidadezinha de interior de onde veio e viveu toda sua vida, ainda mais com um homem tão lindo que a faz se sentir como nunca antes. Aos poucos, Carrie perceberá que, ainda que a Big Apple tenha um lugar para todos, não são todos que se tornam “alguém” – ainda mais quando se tem apenas um verão na cidade.
Eu AMEI o primeiro livro e o estilo da autora, que é um pouco criticada em outras obras. Como a história se passa nos anos 80, muitas coisas das quais não conseguimos nos imaginar sem (hello, celular com internet!) não estão presentes e, pasmem, as pessoas vivem bem sem elas! Ainda não li esse livro, mas tenho uma reclamação para fazer: onde está aquela capa brilhosamente linda do primeiro livro neste segundo? Eu quero!
E sobre a fruta na capa, bem, imagino que seja uma referência à Manhattan, né? Ou vocês acham que pode estar associada a alguma tentação, como a de viver em uma cidade que você sonha, mas que não significa, exatamente, o sonho dos seus pais?

As Atribulações de Uma Caixa de Supermercado – Anna Sam

Eu não sei vocês, mas quando eu era pequena, queria trabalhar em um supermercado para passar o dia inteiro mexendo no teclado, porque era apaixonada pelos botões (ok, eu confesso, eu amo botão de teclado, calculadora, até de interruptor! :13 ). Aí, conforme eu crescia e ficava muito tempo nas filas (já perceberam que nos horários mais lotados sempre têm poucos caixas funcionando? :09 ), ficava imaginando como devia ser a vida das pessoas por trás das esteiras rolantes (sim, porque sou dessas que especula a vida dos outros :11 ), as que poderiam usufruir dos tecladinhos legais. Pois então: agora é muito mais fácil descobrir!
Esse livro relata a vida de Anna, uma moça de 28 anos, formada em literatura, que tem oito anos de experiência atrás de um caixa de supermercado. Nele, ela conta sobre os diferentes fregueses, desde aqueles amáveis até os complexados pelo consumo! E mais: a ideia do livro nasceu de um blog de sucesso na França, e já vendeu mais de 100.000 exemplares!
Acho que posso enquadrar esse livro na categoria “Um dos muitos livros da Editora Record que nunca tinha ouvido falar”. :30 Sério, eu sempre encontro um diferente! E olha que não é por falta de entrar no site e ficar vasculhando não!

Amores Perigosos – Martha Argel

Eu aposto que, no caso deste livro, a maçã é claramente uma referência à tentação, ao fruto proibido – e o título ajuda! Descobri esse livro em um dos vídeos do IMM da Mary Paixão, do Muito Pouco Crítica, e, desde então, quero muito ler! Sem contar que o livro é nacional! \o/
Maria Clara Baumgarten estava na Alemanha e, por descobrir que vampiros existiam de verdade, acaba por perder sua poltrona favorita, sua amiga e sua inocência. Ela decide voltar ao Brasil e decide tocar sua vida para frente em São Paulo – afinal de contas, numa cidade tão grande como essa, você praticamente se transforma em uma anônimo para muitos, né? Mas, em um inocente passeio em um shopping, Maria Clara reencontra a responsável pelo pesadelo que fora sua vida na Alemanha, Lucila, e ela se vê novamente fugindo para outro lugar, para longe daquela disputa pelo poder e sangue.
Já na Itália, ela encontra Alberto, um cara dos sonhos que, por um acaso, é um… Vampiro! OMG, que sarna que essas criaturas são! Agora, Maria Clara precisa se decidir se continuará fugindo desses seres, ou se dará uma chance ao amor e enfrentará todos os perigosos que a fizeram fugir.
Eu não sabia, mas esse livro é continuação de Relações de Sangue, onde ficamos conhecendo melhor como é esse mundo tão disputado e cheios de perigos, além de ver como era a vida de Maria Clara na Alemanha. Eu estou hiper curiosa pra saber qual será o desfecho dessa história! Ah! E no site da autora, temos acesso à página da Lucila, a vampira!




Sobre o autor do post:

Ei, você! Sou Tatiana, mineira de coração e com 23 anos nas costas. Sou uma geminiana que está bem próxima daquela descrita pelo signo - ou seja, não consigo ficar presa a uma coisa só por muito tempo e estou sempre pensando em tudo. Sou fangirl em tempo integral e me envolvo com muita facilidade nas histórias das minhas novelas mexicanas. Estudo RI (ESTÁ ACABANDO! O QUE SERÁ DA MINHA VIDA?), mas quero fazer milhares de coisas na minha vida, desde ser designer de interiores até pesquisadora sobre cultura. Ouço muita música velha, leio muitos livros (quando posso) e amo quase tudo que envolva algodão doce. Também não ligo se você preferir me chamar de Fernanda - acontece muito, veja bem.
E-mail: tatitaleite@gmail.com



Posts Relacionados








8 Comentários em “Coluna das Gêmeas #84 – Frutas”