coluna-das-gemeas category image
Coluna das Gêmeas #109 – Dons
Sunday 20/01/2013 às 08:00 940 Views Arquivado em: Coluna das Gêmeas

Oi pessoal! Como estão todos? Aproveitando janeiro, o verão, a chuva (porque aqui em BH, pelo menos, chove de vez em quando), as férias? Nós estamos, mas infelizmente elas estão acabando. Dia 04 de fevereiro nossas aulas voltam, e aí nosso tempo para leitura será escasso. :17
Quando chega essa época de férias terminando, queria ter o dom de fazer o tempo duplicar, e aumentar um pouco mais o meu descanso. Ou melhor, queria ter o dom de entender simplesmente tudo na faculdade, sem nenhum tipo de dificuldade, porque aí saberia que poderia estudar e fazer tudo o que tenho vontade sem ter que me preocupar se vou tirar uma nota legal ou não. Sem contar que poderia aprender muito mais!
Por pensar nesse dom (que acho que todo mundo gostaria de ter!), reunimos nessa semana cinco livros que contam sobre pessoas com alguns dons. Alguns são excelentes, do tipo quero ter agora, enquanto outros são, para dizer o mínimo, estranhos. Chegam a ser assustadores.
Tenham uma ótima semana, aproveitem as férias e até domingo que vem!

Ah! E promoção valendo kit de marcadores: quem responder nos comentários que dom gostaria de ter, concorre! O resultado sai na semana que vem, então não perca tempo!

Ecos da Morte – Kimberly Derting

ECOS_DA_MORTE_1313098235P Antes de qualquer coisa, preciso deixar registrado aqui que eu, Fernanda, simplesmente amei esse livro, que a série é ótima e que a Intrínseca precisa lançar urgentemente o terceiro livro (diria o quarto também, mas ele ainda não foi lançado nos Estados Unidos :32 ). Se você está em dúvida se lê ou não o livro, eu te ajudo: LEIA! :31
Ele conta a história de Violet Ambrose, que tem um dom incomum: ela consegue sentir cheios, ouvir sons, ver cores, de seres que foram assassinados. Ela chama todas essas coisas de ecos, e até tem em casa um pequeno cemitério, onde enterra os animais que encontra – e isso imediatamente lhe dá uma sensação de paz. Quando tinha oito anos, descobriu que consegue encontrar mais do que animais: ela consegue encontrar pessoas também.
Ao mesmo tempo em que descobrimos mais sobre seu dom, o livro foca muito em um problema que está enfrentando: desde pequena, ela é amiga de Jay Heaton, mas agora, com dezesseis anos, ela se vê apaixonada por ele, e fica muito confusa com esses sentimentos que desenvolveu pelo amigo. Se já não fosse o bastante ter que lidar com esse turbilhão de emoções, um serial killer está à solta pela cidade, matando garotas com mais ou menos a sua idade, e talvez só ela seja capaz de descobrir o assassino: afinal de contas, ele carrega os mesmo ecos que suas vítimas têm. Mas ela precisa tomar muito cuidado, ou então poderá ser a próxima vítima! :07
Esse tipo de livro, com assassinatos e tal nunca me chamaram a atenção, até o belo dia que fui no evento do livro aqui em BH e simplesmente me apaixonei pela sinopse. Sem contar que uma amiga minha, a Renata, que também foi ao evento e participa do Clube das Chocólatras, sempre que me via dizia: “Já comprou Ecos da Morte? Você PRECISA ler!”. E é verdade. Eu fiquei louca quando terminei o primeiro e o segundo livro, e estou pensando seriamente em comprar a série em inglês, porque não sei se vou aguentar.
Se você quiser uma opinião um pouco diferente da minha sobre o livro, confira aqui a resenha que a Pri fez! (É que como eu sou extremamente medrosa, qualquer coisinha mais assustadora pra mim é algo gigantesco…)

Dançando no Ar – Nora Roberts

DANCANDO_NO_AR_1231934338P Eu e a Fernanda não temos o dom da cozinha, como alguns de vocês já devem saber. E quando eu digo que não temos, temos que incluir até mesmo comida congelada – SIM, já fracassamos até nisso! Mas esse não é o caso da Nell. Ela casou-se cedo com um homem muito rico e que aparentava ser o sonho de toda mulher, mas esse sonho de vida acabou se transformando num grande pesadelo. Infelizmente, como não bastava apenas acordar para se ver livre dele, Nell teve que fugir e torcer para que Evan (acho que é esse o nome, mas não tenho certeza! :32 ) não a encontrasse na ilha das Três Irmãs, na costa de Massachussets, conhecida pela lenda das três poderosas bruxas que criaram a tal ilha. Nell, ao contrário de nós, é muito boa na cozinha e, assim que chega, logo consegue um emprego na lanchonete da livraria de Mia. Sua relação com a chefe é muito boa, mas aos poucos, Mia percebe que a Nell tem algo especial, algo que ela ainda desconhece…
Esse livro é muito gostoso de ler. Não se trata apenas da vida da Nell, dos fantasmas que a perseguem, dos seus medos e de como ela se adapta a essa nova vida, mas é um contínuo descobrimento da própria identidade dela. Sem contar, claro, os personagens secundários, que sempre fazem as história da Nora Roberts ficarem mais prazerosas de serem lidas, e o grande romance do livro. Este é o primeiro livro da Trilogia da Magia, que conta com Entre O Céu e a Terra e Enfrentando O Fogo (o meu favorito!). Ah! E uma coisa que eu também gosto muito é o fato de terem usado imagens de quadros reais nas capas! Seus respectivos nomes estão contidos dentro do livro, se eu não me engano, mas se alguém ficar curioso, pode pedir os nomes pelos comentários!

Graceling – O Dom Extraordinário – Kristin Cashore

GRACELING_O_DOM_EXTRAORDINARIO_1305576671P Esse livro é SUPER bem comentado nos Estados Unidos, mas aqui no Brasil (pelo menos no skoob), pouquíssimas pessoas já leram! Infelizmente, eu faço parte do grupo das pessoas que ainda não leram, mas não é por falta de vontade! Acho que posso dizer que esse livro é único, que não faz parte de série nenhuma, mas ele possui dois companions, que são aqueles livros que fazem parte do mesmo mundo de um livro, mas que não são parte da mesma história daquele livro, chamados Fire e Bitterblue.
A história que conhecemos é a da Katsa, uma garota de olhos coloridos – um verde e o outro azul! – que, além dessa peculiaridade, ainda tem o dom da morte (oh God! :08 ). Aliás, o fato dela ter olhos coloridos é uma prova de que ela é uma graceling, ou seja, alguém que possui um grande dom. O problema do seu dom ser o da morte é que, por ela ser muito boa em lutar e matar os outros, ela começa a ser usada pelo su tio, o rei de Middluns. E, convenhamos, se já é chato quando temos que fazer algo simples que não queremos, imagina como não deve ser pra uma garota ter que matar pessoas que ela não quer matar? Aliás, quem quer saindo matando gente, independente de que seja, por causa de alguém? Então, ela acaba criando o Conselho, uma confraria em que ela promove missões de liberdade, de justiça e que, e alguma forma, a fazem se sentir menos culpada por tudo aquilo que é obrigada a fazer. Numa dessas missões, porém, ela acaba conhecendo um garoto que também é um graceling e que acabará por mudar a sua vida…
Gente, COMO NÃO QUERER LER ESSE LIVRO? :22 Pra quem já leu ou está com muita vontade de o fazer, no blog da autora tem uma parte especial com mapas do mundo dos seus livros! Isso é uma ajuda e tanto na hora de imaginar como tudo realmente funciona, não é? O link está aqui!

Amanhecer – Stephenie Meyer

AMANHECER_1246762301P Bom, acho que todo mundo conhece a história. Pode não ter lido o livro (como é o caso da Tatiana – eu ainda não acredito nisso, sendo que eu já até reli! :35 ), mas pode ter visto o filme (que é ÓTIMO, por sinal!). Ou ainda, só ter ouvido alguém falar – porque sempre tem alguém que sabe a história, né?
Pois então, breve resumo (não sei dizer se tem algum spoiler ou não, porque nessa altura do campeonato, não tenho certeza do quanto que todo mundo sabe): Bella casa com o Edward, eles tem uma filha, vira vampira e os Cullen precisam enfrentar uma batalha. Para isso, eles contam com a ajuda de vários vampiros – não só os “comuns”, mas muitos com dons. Dons, aliás, que eu nem imaginava que poderiam ter, tipo dar choque ou então “cegar” você e te fazer enxergar aquilo que você quer que ela enxergue. Já imaginaram poder fazer esse tipo de coisa? :23
Ser vampiro já deve ser legal (tirando a parte de você só viver de sangue), mas ainda mais legal que ter uma força inacreditável, armazenar milhões de informações, ser rápido e enxergar os pequenos detalhes (o que seria ótimo para pessoas que, como nós, usam óculos :14 ) é ter um dom que te faz única.
Ah, e para não estragar o prazer de quem não leu absolutamente nada (apesar de ter contado algumas coisinhas meio spoilers), não vou contar se a Bella tem ou não um dom.

Jardim de Escuridão – Bianca Carvalho

JARDIM_DE_ESCURIDAO_1354475400P Quando fizemos a coluna sobre heranças, percebi que muitos personagens acabavam por se surpreenderem com aas coisas que lhes eram deixadas por aqueles que deixaram o mundo dos vivos, né? É cada uma que aparece, meu Deus! E no caso de Faith Connor, quando sua avó morre e lhe pede como último favor que a neta entregue uma flor especial para seu túmulo, a mulher acaba por conhecer Rowan Allers. Você pode até ler isso e pensar “olha, a avó dela era uma casamenteira, que provavelmente já sabia da existência desse rapaz e, como última missão, levou sua neta a conhecer o homem de sua vida”, mas não garanto que as coisas sejam exatamente assim. Rowan acabou de perder sua irmã, vítima de um atentado de um serial killer, e vive perturbado por causa disso. Faith, entretanto, acaba por ajudá-lo na investigação da morte de sua irmã, já que sente uma conexão muito forte com o rapaz, mesmo sem o conhecer direito. E o dom dela? Ela consegue interpretar, através das flores, visões do futuro. Hmmm… Será que a flor que sua avó lhe pediu para levar ao seu túmulo tem alguma coisa a ver? Mas como a senhora poderia saber que Rowan estaria no cemitério no mesmo momento em que a neta lhe concedia seu último desejo?
Gente, eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas agora fiquei bem curiosa! Eu queria muito saber mexer com plantas e ter o dom de lhes fornecer os melhores cuidados possíveis, mas daí uma pessoa ser capaz de ver o futuro através delas é algo realmente diferente, não é? Quem também se interessou pelo livro, pode entrar em contato com a autora, através de seu e-mail (contato@biancacarvalho.com.br)!




Sobre o autor do post:

Ei, você! Sou Tatiana, mineira de coração e com 23 anos nas costas. Sou uma geminiana que está bem próxima daquela descrita pelo signo - ou seja, não consigo ficar presa a uma coisa só por muito tempo e estou sempre pensando em tudo. Sou fangirl em tempo integral e me envolvo com muita facilidade nas histórias das minhas novelas mexicanas. Estudo RI (ESTÁ ACABANDO! O QUE SERÁ DA MINHA VIDA?), mas quero fazer milhares de coisas na minha vida, desde ser designer de interiores até pesquisadora sobre cultura. Ouço muita música velha, leio muitos livros (quando posso) e amo quase tudo que envolva algodão doce. Também não ligo se você preferir me chamar de Fernanda - acontece muito, veja bem.
E-mail: tatitaleite@gmail.com



Posts Relacionados







:38 :37 :36 :35 :34 :33 :32 :31 :30 :29 :28 :27 :26 :25 :24 :23 :22 :21 :20 :19 :18 :17 :16 :15 :14 :13 :12 :11 :10 :09 :08 :07 :06 :05 :04 :03 :02 :01


2 Comentários em “Coluna das Gêmeas #109 – Dons”


#1 Yara Prado 20-01-2013 - 13:12 -
Google Chrome 24.0.1312.52 Windows 7

Ah, que tema lindo! Sempre quis ter algum dom!rsrsrs

Sou apaixonada por Crepúsculo, então claro que amei Amanhecer estar na listinha de hoje…hehe
E só li ECOS DA MORTE entre os outros livros e assim como você, me apaixonei pela história e estou esperando igual doida pela Intrínseca lançar os próximos livros… Pq eu quero TODOS de uma vez só, de preferencia…rsrsrs

Hum, queria ter o dom da cura, sabe? Mas não de doenças físicas e sim de doenças psicológicas, pq acho que as doenças físicas são no mínimo, agravadas pelas psicológicas, então se eu pudesse dar uma “forcinha” no psicológico das pessoas as coisas iriam melhorar… Mas queria outros dons também, principalmente o que vc quer, de entender as coisas sem precisar se matar de estudar, seria realmente muito útil…rsrsrs

Bjs.

[Responder]

Já comentou 802 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#2 Ariane 21-01-2013 - 16:38 -
Internet Explorer 7.0 Windows XP

Nossa… eu não sei qual dom queria ter, nunca pensei nisso :08

Tenho vontade de Ecos da Morte (mas tenho fugido de séries ehehhee sofro muito, prefiro comprar quando todos os livros foram lançados)

[Responder]

Já comentou 267 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!