coluna-das-gemeas category image
Coluna das Gêmeas #117 – Janelas
Sunday 24/03/2013 às 08:01 1310 Views Arquivado em: Coluna das Gêmeas

Bom dia a todos! Antes de mais nada, gostaríamos de pedir desculpas pela coluna não ter saído na semana passada! Tivemos problemas técnicos e, no final das contas, não conseguimos desprogramar o rascunho – que acabou indo ao ar! Como não tivemos tempo de mexer com ela no domingo, deixamos pra fazer tudo certinho pra esse agora! :04
Vamos vamos ao que interessa: Finalmente chegou a semana santa! Isso significa que: além de poder dormir um pouquinho mais e colocar em dia nossos capítulos de A Usurpadora :26 , teremos milhões de coisas para fazer para a faculdade: eu, por exemplo, tenho uma lista de 80 exercícios de matemática financeira, me preparar para apresentar um seminário, estuda para a prova de psicologia e estatística… A Tatiana eu não preciso nem falar nada: com ou sem semana santa, essa menina tem milhões de páginas para ler.
Mas nessas épocas em que estou com um pouco de folga, gosto demais de ficar na janela do meu quarto, vendo o movimento dos carros e pensando na vida (ouvindo música porque ela é como se fosse uma das minhas melhores amigas!). E, lógico, dar uma espiada nos vizinhos do outro prédio, porque não sou de ferro e acaba bisbilhotando um pouquinho. Aí, pensando nisso, lembrei-me do clipe da diva linda da Taylor Swift, You Belong With Me, que ela fica se comunicando com seu melhor amigo lindo pela janela. QUEM ME DERA ter um assim para ficar conversando. Aí, depois de algum tempinho, me toquei de uma coisa: existem milhões de livros que possuem janelas no título, ou que pelo menos as janelas são partes importantes!
Por isso, nessa semana esse será nosso tema! Espero que gostem, e queremos saber: o que dá pra ver da sua janela? Vizinhos? Jardim? Ruas? Um menino(a) lindo(a) que você é apaixonada por anos?
Tenham uma ótima semana, e até à Páscoa! \o/

A Janela de Overton – Glenn Beck

A_JANELA_DE_OVERTON_1319810920PJá falamos desse livro na coluna #72, sobre protagonistas masculinos, mas não podia deixar de comentar novamente! Ainda não li #shameonme e estou louca para ler, porque é totalmente diferente dos livros que estou acostumada a ler! Envolve conspiração e planos para transformar o mundo que nós conhecemos!
Ele conta a história de Noah Gardner, que é um executivo de Relações Públicas de 20 e poucos anos que tem como preocupação principal na vida o destino da sua vida social, e não seu planeta. Mas isso muda completamente quando ele conhece Molly Ross, uma mulher que acredita que a América está prestes a se perder para sempre! Porque o que acontece: parece que existe uma poderosa técnica chamada Overton Window que pode modificar nossas vidas, nossas leis e nosso futuro. Ela funciona manipulando a percepção pública para que nossas ideias pensadas anteriormente pareçam ser radicalmente aceitas. Mude a Janela e mude o debate. Mude o debate e mude o país! Ele acha que isso é uma teoria da conspiração (acho que todos nós iríamos pensar o mesmo, certo? Ounão), até que um ataque sobre os Estados Unidos sacode o país e pode colocar em ação um plano assustador.
É nesse momento que Noah quer revelar esse plano e revelar os conspiradores, porque só assim consegue salvar tanto a mulher que ama quanto sua liberdade.
Depois que li a resenha da Pri, fiquei muito animada pra ler, e volta e meia vejo o livro em promoção. Quero ver se tomo vergonha na cara e compro logo, porque sério, quero saber como tudo isso vai terminar!

Uma Janela para o Crime – Cloder Rivas Martos

UMA_JANELA_PARA_O_CRIME_1262118506PEsse livro nós lemos na época da escola, e lembro que ficamos muito ansiosas quando lemos a sinopse: Lígia é uma jovem policial que acabou de voltar para casa depois de morar um ano em Brasília. Ela descobre pelos jornais que o pai de sua amiga, que é um proprietário de uma construtora, está desaparecido há meses, vítima de um sequestro. Lígia acaba sendo contratada pela amiga para investigar a vida dos suspeitos do crime, e vai, passo a passo, acertando o caminho para a resolução desse crime. :15
Não lembro muito da história porque faz anos que lemos, mas sei que pela janela, a Lígia descobre alguma coisa importante. Esse negócio de investigar uma pessoa criminosa (no caso, só um suspeito) desse ser muito excitante, porque além de ficar com aquele nervoso de ter que estar sempre encoberta, ainda fica naquela expectativa de estar na pista certa. Quer dizer, não que eu já tenha investigado alguém (mentira, sou stalker para algumas situações, e das boas, devo dizer *modéstia à parte*), mas acho que é essa a sensação.
Esse livro é bem infanto-juvenil, então provavelmente vai parecer meio bobo para você que já está quase virando adulto, ou já é, mas mesmo assim, acho que ainda vale a pena, porque ele tem umas reviravoltas que, pelo menos na época que lemos, não estava esperando!

A Luz Através da Janela – Lucinda Riley

A_LUZ_ATRAVES_DA_JANELA_1349998840P Não sei se vocês se lembram, mas falamos desse livro na coluna 105, sobre famílias! Depois de ouvir que A Casa das Orquídeas é um tanto cansativo, o lançamento desse livro me fez ficar curiosa com a história e esperançosa sobre a narrativa da autora porque, dessa vez, a história parece bem mais intrigante! Ficamos conhecemos um pouco sobre a família De La Martinières e as consequências que a Segunda Guerra Mundial deixou para todos – principalmente para Emilie, que além de perder a mãe, ainda herda o château da família. Como nem toda mudança precisa ser acompanhada de solidão, ela conta com a ajuda de Sebastian Carruthers, um homem muito bacana que acaba por se envolver em sua vida de maneiras que ela nunca poderia imaginar.
Esse livro envolve muito mais do que romance. São segredos de famílias que se cruzam, revelações que surgem em meio a um turbilhão de emoções que não largam a vida de Emilie. Ela se muda para a casa do marido (isso não é spoiler! Está na sinopse do livro!) e mais uma vez a enxurrada de informações caem no seu colo novamente! É mais ou menos como acontece na vida real: tem horas que simplesmente parece que os problemas nunca acabarão e que o desespero bate à nossa porta com seu maior rigor. Entretanto, quanto mais paciência procuramos ter nesses momentos, melhor! Afinal de contas, tudo tem que entrar nos eixos novamente, não é mesmo?
AH! E não poderia deixar de contar que a Lucinda escreverá o próximo livro dela aqui no Brasil! A história se passará no Rio de Janeiro, se eu não me engano, e a Camila, do Leitora Compulsiva, fez um post bem legal do bate-papo com a autora que aconteceu em São Paulo! No post, ela conta que este livro é o último livro da trilogia que começa com A Casa das Orquídeas! Mas cadê o segundo livro, minha gente? :25

Uma Janela Em Copacabana – Luiz Alfredo Garcia-Roza

UMA_JANELA_EM_COPACABANA_1350701291P Quando eu olho para esse título, a primeira coisa que me vem à cabeça é que, no domingo que vem, fará 1 ano que fomos ao show mais que maravilhoso e que até agora ainda não caiu a nossa ficha que fomos do Michael Bublé! Tudo bem que isso não tem nada a ver com a história desse livro, mas é que me lembro que, no dia seguinte bem cedinho, fomos pra praia de Copacabana e passamos um bom tempo por lá. Esse ano não vai dar pra repetir a dose, já que mais ou menos no mesmo horário, eu estarei fazendo prova de Segurança e a Fernanda vai estar no meio de uma apresentação de seminário. Mas enfim, nem tudo na vida são flores.
E por falar nisso, todos os dias somos expostos a muitos casos de assassinato nos noticiários. Ainda que cada caso tenha uma repercussão, o fato de três policiais mortos no mesmo dia e de maneiras semelhantes, com pouco tempo separando os crimes, chama mais a atenção – principalmente no meio policial, que existe para combater esse tipo de ato. Quem vai cuidar desse caso é o delegado Espinosa, um homem que, além de estar sob a mira de olhares desconfiados de seus colegas, está longe de ter as melhores condições para resolver essa investigação, a começar pela falta de informações. Porém, ao começar os trabalhos, Espinosa vai descobrir que essas mortes não são únicas e que existe muita coisa a ser explorada, além do fato da esposa de um membro do governo federal acabar se envolvendo com o processo.
O gênero policial é, definitivamente, algo que eu deveria ler mais. Eu fico curiosa com quase todas as sinopses que leio, mas é impressionante como eles nunca acabam na minha lista de prioridades! Será que o fato de eu ficar mais tensa que o normal com esse tipo de história acaba fazendo com que emu subconsciente se manifeste de uma forma que eu não vejo – me fazendo esquecer esses livros?

Um Girassol na Janela – Ganymédes José

UM_GIRASSOL_NAJANELA_1231557492P Eu sei que eu já li esse livro, mas confesso que não me lembrava de absolutamente nada! Esse é um daqueles vários livros que eu li enquanto estava na escola – os quais a maioria eu nem lembro o nome – e que me faziam gostar cada vez mais da biblioteca. (Aliás, dia 12 de março foi o dia do Bibliotecário! Parabéns a essas pessoas que trabalham nos dando ótimas dicas do que ler! \o/) Por sorte, esse é um daqueles realmente bonitinho: Viviane é uma garota de onze anos que perdeu a mãe e que é cuidada pelos seus vizinhos, desde então. Quando seu pai volta da Europa, porém, ela se muda para a casa dele numa cidade grande e começa, novamente, uma nova vida. Vamos combinar que passar por essas mudanças pode ser muito para um acriança de 11 anos, né? Ainda mais com um pai que não está acostumado a ter uma criança por perto – uma criança, aliás, acostumada a viver livremente. Mas Vivinha – como gosta de ser chamada – é uma garota diferente: ela pode ter que se readaptar a um mundo até então desconhecido, mas sua criatividade e ingenuidade infantil farão com que esse processo se dê de forma muito mais harmônica e divertida!
Pode ser que esse livro fuja um pouco da faixa etária dos leitores do Bookaholic, mas uma história leve e gostosinha nunca é demais! Se você quiser viajar no tempo e se encontrar com o seu eu frequentador da biblioteca da escola, esse livro fará a sua viagem uma experiência mais que agradável!




Sobre o autor do post:

Helloooo! Meu nome é Fernanda, tenho 23 anos, daqui a um ano posso me chamar de administradora, mas depois quero fazer Jornalismo! Moro em Belo Horizonte há três anos, tenho uma irmã gêmea - com quem divido os livros, a estante, o quarto, o amor por novelas mexicanas e por baseball. Além disso, amo ler romances e sou uma viciada no Tumblr! Sou uma das responsáveis pela seção "Coluna das Gêmeas" (que agora é "Book: A Talk", que vai ao ar quase todos os domingos!
E-mail: fernanda3005@gmail.com



Posts Relacionados







:38 :37 :36 :35 :34 :33 :32 :31 :30 :29 :28 :27 :26 :25 :24 :23 :22 :21 :20 :19 :18 :17 :16 :15 :14 :13 :12 :11 :10 :09 :08 :07 :06 :05 :04 :03 :02 :01


6 Comentários em “Coluna das Gêmeas #117 – Janelas”


#1 Ariane 26-03-2013 - 08:07 -
Internet Explorer 9.0 Windows 7

Faz tempo que Janela de Overton está na minha wishlit :35

Tenho vontade de ler algum livro da Lucinda Riley

[Responder]

Fernanda responde:

Google Chrome 28.0.1500.72 Windows 7

Nem me fale, está na minha wishlist há séculos e até agora, nada! Isso porque eu ando encontrando ele em promoção aqui em BH! Preciso comprar urgente!
Acredita que eu não tenho vontade de ler os livros da Lucinda Riley? Sei lá, uma vez uma amiga minha disse que estava muito enrolada a narração, aí juntou a vontade de não ler com a opinião da amiga… :28
Mas quem sabe um dia, não é?

Beeijo!

[Responder]

Já comentou 267 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#2 Fernanda Rocha 13-04-2013 - 23:20 -
Google Chrome 26.0.1410.43 Windows 7

Os livros A JANELA DE OVERTON, A LUZ ATRAVÉS DA JANELA são livros que quero muitoooooo, inclusive a autora LUCINDA RILEY é uma das últimas autoras que andam me chamando muita atenção através das sinopses de seus livros.

[Responder]

Fernanda responde:

Google Chrome 28.0.1500.72 Windows 7

A Janela de Overton eu preciso pra ontem! Mas os livros da Lucinda Riley, apesar de terem uma sinopse bacana, não me chamam muito a atenção, acredita? Eu leio e penso “ah, deve ser legal, mas não estou com vontade de ler…” :08 Acredito que seja também porque eu tenho taaaantos livros que quero ler que acabam virando prioridade…

Beeijo Nanda!

[Responder]

Já comentou 126 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#3 Yara Prado 15-04-2013 - 14:16 -
Google Chrome 25.0.1364.160 Windows 7

Hum, os motivos que te levam a querer ler A janela de Overton são os mesmos que me levam a não querer lê-lo…haha
Não sou muito fã de livros que falem de constpirações e tal. Pra me agradar ele tem que ser muito perfeito e raramente eles são, então sempre me decepciono e passo raiva, então decidi evitar livros com esta questão. :(
E da coluna de hoje eu só li Um girassol na janela. Na época eu tinha uns 12 anos e amei ele. Ainda hoje eu o acho um livro muito amor e cheio de fofurinhas, apesar de ser bem triste também. Gosto demais dele. ?

Bjs, Fer.

[Responder]

Fernanda responde:

Google Chrome 28.0.1500.72 Windows 7

Sério, Yara, que você não tem vontade de ler A Janela de Overton? Eu também não sou lá fã de conspiração, mas esse em particular me chama a atenção!
Um Girassol na Janela parece ser bem fofo! Mas sério que é triste? Ai meu Deus, só de pensar no que pode acontecer me dá vontade de chorar! :10

Beeijo Yarinha!

[Responder]

Já comentou 802 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!