coluna-das-gemeas category image
Coluna das Gêmeas #95 – Nova Literatura Erótica
Sunday 14/10/2012 às 07:10 1490 Views Arquivado em: Coluna das Gêmeas

Olá, gente! Feliz dia das crianças atrasado! Espero que vocês tenham aproveitado bastante esse feriado pra voltarem à infância e brincarem bastante – quem sabe brincar de ler, não é mesmo? A melhor parte da infância, além das brincadeiras, é o fato de não precisarmos nos preocupar com nada muito importante além das nossas obrigações em casa e em ser muito feliz, mas infelizmente essa é uma fase que já passou para muitos de nós. Crescer é algo natural e, ainda assim, é muito trabalhoso. Você se torna independente, responsável por si, tem que correr atrás do que quer e, depois de tudo isso, ainda tem que se manter em pé quando um problema chega pra sacudir sua vida. É muito difícil ser um adulto.
Mas pior do que ter que lidar com tudo isso por conta própria (que também não é nenhum bicho de sete cabeças), é deparar-se com algo extremamente diferente de tudo aquilo que você já viveu e não ter base emocional e de vida mesmo para se orientar. É isso o que acontece com parte dessas personagens da nova literatura erótica, que está sacudindo o mundo literário e vendendo mais exemplares do que água no deserto. Não sei dizer se isso é bom ou não, mas de uma coisa eu sei: tanto eu quanto a Fernanda não temos muita vontade de entrar pra essa leva de leitores do gênero. Uma das coisas que mais lemos nas resenhas desses novos livros é que as relações não são saudáveis e que um lado é sempre submisso ao outro. Pode até ser que essa seja a proposta desses livros, mas se é isto que eles querem mostrar, eu sinceramente não tenho interesse em ler – até mesmo por conta dos motivos que me fazem ser uma bookaholic: livros são meu divertimento, meu entretenimento, e se é pra passar raiva com tal literatura, prefiro me abster da leitura. Mas há quem goste, não é mesmo?
Então essa semana o assunto volta à tona, já que na semana passada, com o “bug” do Bookaholic, nossa coluna ficou perdida e nós não tínhamos o rascunho em lugar algum! Que azar, né? Pelo menos o blog voltou são e salvo!
Bom final de semana pra todos vocês!

Cinquenta Tons de Cinza – E. L. James

De certa forma, ele foi o precursor dessa nova onda de livros eróticos. Acho que todo mundo já ouviu falar nele, certo? Tenho certeza que você conhece alguém que está lendo ou que já leu! E não é de se admirar: ele é um sucesso de vendas e traz a tona um assunto considerado meio que “tabu”, não é? Quando eu li a primeira resenha dele, em uma revista, fiquei muito interessada no livro. Ele conta a história de Anastasia Steele, uma jovem que, ao prestar um favor a uma amiga, acaba conhecendo o jovem empresário bem sucedido Christian Grey. Apesar de ele parecer super misterioso e reservado, ela se sente muito atraída e, Grey, à sua maneira, também se interessa por ela e, dessa forma, eles começam um relacionamento, que não tem nada de convencional.
Não sei quando eu vou ler (se é que um dia vou mesmo ler), mas provavelmente vai mais ser por curiosidade (até para ter a minha própria opinião sobre ele) do que realmente aquela vontade que não passa de jeito nenhum. Ah! Essa semana teve resenha dele aqui no Bookaholic, e você pode conferir aqui!

Falsa Submissão – Laura Reese

Ao ler a sinopse desse livro, eu fiquei me perguntando em até que ponto é saudável você fazer algo para obter respostas e, mesmo sabendo que esta é uma obra de ficção, é difícil não imaginar que esse tipo de conduta provavelmente ocorre no mundo real. E eu ainda não sei o que dizer sobre isso. O que acontece é que, nessa história, Nora Tibbs é uma jornalista que perdeu o contato com sua irmã há um tempo. E essa irmã é assassinada. A única coisa que ela sabia era que a irmã namorara um homem, M., por um tempo e que ele era um potencial suspeito por causa das coisas que a irmã relatava em seu diário. Seu plano então é se aproximar desse homem para descobrir se ele foi mesmo o assassino de sua irmã, mas ela acaba se envolvendo com o tal M. e gostando de tudo aquilo que sua irmã não gostava… E então novas informações aparecem e sua investigação fica cada vez mais tensa.
Este livro já foi publicado pela Record em 1996 com essa capa, mas agora ela ganhou uma repaginada e eis que é mais um livro pra essa lista! É outro que eu não tenho vontade de ler, mas que fiquei curiosa pra saber quem é o tal assassino!

Belo Desastre – Jamie Mcguire

Esse é um dos poucos livros que foram publicados no Brasil e que se passam numa faculdade, até onde eu me lembro (e se você se lembrar de outro, que não seja Tamanho 42 Não É Gorda, nos avisem!) e, por mais que seja um livro deste gênero, eu tenho curiosidade em saber o final. Mas só.
Abby Abernathy é uma garota do tipo “santa”, digamos assim, que além de ser super educada e centrada, vai para a faculdade começar uma vida nova com sua melhor amiga. O que ninguém sabe é que ela esconde um passado sombrio. Aliás, será um pouco complicado manter essa parte de sua vida enterrada, uma vez que Travis Maddox, um bad boy da faculdade, dificultará um pouco as coisas com sua boa aparência e suas investidas num relacionamento entre os dois. Ele é um conquistador que não está acostumado a ser enrolado, mas a resistência de Abby o faz apostar com ela que passará um mês sem sexo e, no caso dele conseguir, a garota terá que passar um mês em seu apartamento.
Tudo bem. Pode até ser instigante essa “aposta” dos dois e saber quem ganhará pode te levar a andar bem com a leitura, mais eis a minha ressalva: se ela tem um passado “obscuro”, como é possível se submeter a um acordo desses? Cadê a coerência nas ações dessa garota, gente?

Toda Sua – Sylvia Day

Eva Tramell tem 24 anos e é rica, mas acaba se mudando para Nova York para buscar sua independência. Ela começa a trabalhar em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos e, antes de começar o novo emprego, decide conhecer o local. Lá ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela já viu. Gideon fica imediatamente interessado por Eva, e deixa suas intenções bem claras logo no início: “Quero comer você!”. Ela faz de tudo para resistir à tentação (é difícil, ainda mais porque parece que o homem exala sexo por todos os poros), mas acaba cedendo, e aos poucos, eles começam um relacionamento que acaba trazendo à tona traumas do passado de ambos.
Bom, está na cara que o relacionamento dos dois não é nada saudável, mas fiquei curiosa para descobrir quais são os traumas dos dois, e se esses traumas serão superados a ponto de eles se apaixonarem, ou a relação deles acabar terminando. Não dá pra saber pela sinopse, só lendo mesmo. Você ficou com vontade de ler?

Luxúria – Eve Berlin

Quando eu penso na profissão escritora, acredito que, para deixar tudo o mais real possível, é necessário não só muita pesquisa na área escolhida, mas investigação profunda, tentar vivenciar ao máximo aquilo que você quer falar ao público. Alec Walker também pensa assim, e por isso entrou em contato com a escritora de romances eróticos Dylan Ivory (é só eu que achei que Dylan era nome de homem?). Ele é conhecido por ser dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, e tenta convencer Dylan de que para que o próximo livro dela seja o mais próximo da realidade, ela precisa ter uma experiência como mulher submissa e sentir na pele as sensações dessa relação, o que para ela pode ser bem difícil, já que ela é bem controladora em relação à sua vida. Mesmo assim, ela decide experimentar esse tipo de relação, e ambos acabam sendo surpreendidos com o sentimento que vai crescendo entre eles.
Pelo o que eu estava vendo no skoob, Luxúria é um ótimo livro para quem quer começar a ler esses livros com pegada mais sadomasoquista, mas ainda não leu nenhum. Esse é o primeiro livro de uma trilogia. Os outros dois, Desire’s Edge e Temptation’s Edge, ainda não foram lançados no Brasil.




Sobre o autor do post:

Ei, você! Sou Tatiana, mineira de coração e com 23 anos nas costas. Sou uma geminiana que está bem próxima daquela descrita pelo signo - ou seja, não consigo ficar presa a uma coisa só por muito tempo e estou sempre pensando em tudo. Sou fangirl em tempo integral e me envolvo com muita facilidade nas histórias das minhas novelas mexicanas. Estudo RI (ESTÁ ACABANDO! O QUE SERÁ DA MINHA VIDA?), mas quero fazer milhares de coisas na minha vida, desde ser designer de interiores até pesquisadora sobre cultura. Ouço muita música velha, leio muitos livros (quando posso) e amo quase tudo que envolva algodão doce. Também não ligo se você preferir me chamar de Fernanda - acontece muito, veja bem.
E-mail: tatitaleite@gmail.com



Posts Relacionados







:38 :37 :36 :35 :34 :33 :32 :31 :30 :29 :28 :27 :26 :25 :24 :23 :22 :21 :20 :19 :18 :17 :16 :15 :14 :13 :12 :11 :10 :09 :08 :07 :06 :05 :04 :03 :02 :01


13 Comentários em “Coluna das Gêmeas #95 – Nova Literatura Erótica”


#1 Ariane 15-10-2012 - 11:35 -
Internet Explorer 8.0 Windows XP

A Novo Conceito também entrou nessa com o lançamento de Um Olhar de Amor

Sei lá… da medo isso ahahhhaa eu vi que os livros estão vindo com selo “Para maiores de 18 anos”, será que a venda vai começar a ser controlada? (acho que não)

Não gostaria de ver adolecentes lendo isso aahahah

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 22.0.1229.94 Windows 7

Realmente é meio complicado esse negócio da faixa etária, porque acho que todas nós sempre fomos bem livres pra escolhermos o tipo de leitura que queríamos e é difícil imaginar alguma coisa que, nessa altura do campeonato, consiga impedir os leitores mais jovens de lerem… Até porque, se pensarmos bem, quando um programa de televisão é dito como para maiores de 18 anos não há um mecanismo (a não ser senhas, sei lá), que o impeçam de assistir – isso sem falar da internet, que está aí pra mostrar que informação está acessível a todos. Mas daí imaginar um vendedor se negando a vender um livro, ou então exigindo uma autorização escrita… É meio fora da realidade, né? Mas gostei bastante de você ter levantado esse assunto, porque até então eu nunca tinha pensado sobre como isso funciona na prática!

E eu vi esse lançamento da Novo Conceito! A capa disfarça bem o gênero do livro, né? Porque eu só me toquei que era um romance erótico depois que li a sinopse e que vi o selo! hahahaha Nem um pouco tapada, né?

Beeijo, Ariane! ;3

[Responder]

Já comentou 267 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#2 Alanna 17-10-2012 - 17:38 -
Google Chrome 22.0.1229.94 Windows 7

Peguei hoje nesse Belo Desastre na livraria saraiva, e pensei em comprar depois. Cansei de ler livros totalmente opostos a sinopse, e esse por não ter uma muito legal, me atraiu, rs.

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 22.0.1229.94 Windows 7

É realmente muito frustrante ler um livro que não tem nada a ver com sinopse! Eu fico muito revoltada, mas acho que pior que isso são só aqueles livros que me deixaram com as expectativas super altas e o livro acabou não conseguindo superá-las, independentemente da história ter seguido ou não aquilo que eu imaginava!
Mas você achou a sinopse de Belo Desastre muito parecida com a temática do livro? Porque quando eu li pela primeira vez, não sabia que se tratava de um romance erótico! Pode ser que isso seja consequência da minha lerdeza que de vez em quando resolve dar as caras, mas eu não achei muito óbvio não (como no caso de Cinquenta Tons de Cinza)!

Espero que compre Belo Desastre e aproveite muito a leitura, Alanna!
Beeijo! ;3

[Responder]

Comentou pela primeira vez, seja bem-vindo!

#3 Aline Zanardo 17-10-2012 - 19:15 -
Google Chrome 22.0.1229.94 Windows Vista

Adoro esse novo segmento. Sei que é algo tipo ame ou odeie, mas até que gostei das sinopses que andei lendo de “Toda Sua”, “Cinquenta tons de cinza” e “Luxúria” .Fiquei bem instigada para ler …
sou Fã de literatura distóíca, mas a erótica tb me surpreendeu.
Bjinnhuss e adoro seu cantinho !!!

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 23.0.1271.64 Windows 7

Também tenho visto muitas reações que me fazem enquadrar esse segmento como “ame ou odeie” e acho que é exatamente por causa da abordagem desses relacionamentos. É como gosto: cada um tem o seu… E se esses livros fossem meio termo, não seriam mais enquadrados como literatura erótica, não é mesmo? :36

Beeijo! Espero que goste dos livros!

[Responder]

Você já comentou 10 vezes.

#4 Yara Prado 18-10-2012 - 17:17 -
Google Chrome 22.0.1229.79 Windows 7

Ah, me matei de rir com a parte “Cadê a coerência nas ações dessa garota, gente?” sobre Belo Desastre…rsrsrs
Confesso que de toda essa onda erótica, o que eu mais queria ler era Belo Desastre, e ah, Tati (ou Fer, já que nunca sei com quem estou falando…rsrs), eu amei o livro… Adorei de verdade, e bom, como eu li 50 tons (e não gostei muito, diga-se de passagem) achei ele bem levinho, por ser considerado erótico… E a história é muito boa, eu realmente amei.
Já com 50 tons, eu detestei o começo, e gostei do final, não estou surtando pelo segundo, e odiei o Christian com todas as minhas forças…

Ah, e é bom deixar avisado que sim, ainda não tenho 18 anos, mas li os dois livros com a autorização da minha mãe, hein?!rsrsrs

Hum, nunca li nenhuma resenha de Toda Sua, mas tenho vontade de ler pela capa…rsrsrs
Bjs.

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 23.0.1271.64 Windows 7

E tem tanta gente que é apaixonada por esse Christian! :08 Tudo bem que eu não posso falar muito sobre ele, já que não li o livro, mas fala sério! Sei lá, não dá pra aceitar muito bem esse relacionamento… Em pensar que em tudo quanto é lugar que eu vou tem gente lendo! Fui no médico na semana passada e tinha uma mulher esperando ser atendida que estava lendo. Daqui a pouco ela saiu e apareceu outra que TAMBÉM estava lendo! :07

Que legal que sua mãe te deu autorização pra ler! Eu não sei se eu teria esse tipo de restrição se fosse mais nova (e agora estou pensando sobre o assunto), mas fico feliz de saber que existe essa conversa entre você e sua mãe!

Beeijo!

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 23.0.1271.64 Windows 7

Ah! E sobre Belo Desastre fui eu que escrevi! :27

[Responder]

Já comentou 802 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#5 Anelise 19-10-2012 - 00:01 -
Google Chrome 15.0.874.54 Windows XP

Sou contra esse tipo de literatura. Na verdade, não no geral, mas sim com o que está acontecendo com o “Cinquenta Tons de Cinza”. Eu li o ebook porque queria ver se era tudo isso mesmo e nunca que eu pagaria 40 reais num livro que era uma FANFIC de crepúsculo, logo, ebook mesmo. E olha, que livro ruim! Ruim, ruim e ruim de novo. A protagonista é uma retardada. Mas o problema não é só isso, a escrita deixa muito a desejar, é fraca, redundante e extremamente previsível. Pelo jeito, a única adaptação que a autora fez na fic foi mudar os nomes. Mas por que vende tanto? A resposta é: curiosidade. O pior é ver meninas de 13 anos com isso nas mãos. Tenso.

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 23.0.1271.64 Windows 7

~A protagonista é uma retardada~ HAHAHAHAHAHAHA Eu ainda não tinha visto nenhum comentário assim a respeito desse livro! E olha que vejo muuuita gente por aí lendo! Estava até falando pra Yarinha que esses dias fui no médico e DUAS mulheres na sala de espera estavam lendo! Quer dizer, é notável que esse livro está realmente vendendo tudo isso! E concordo que também acho meio tenso garotas de 13 anos lendo esse tipo de literatura, mas não porque elas são “jovens demais” ou coisa do tipo. Nós sabemos que hoje é muuito fácil termos acesso a tudo quanto é tipo de informação, e se já era na época que eu tinha 13 anos, imagina hoje! Mas o que me preocupa é que nessa idade elas deveriam estar descobrindo o início dos relacionamento, e não um extremo como esse!
Muita gente está curiosa com esse livro por causa da repercussão dele, mas eu não tenho nem curiosidade de saber qual é a minha opinião sobre ele. Simplesmente não consigo me imaginar perdendo meu tempo lendo um livro que eu tenho CERTEZA que vou passar muita raiva – se eu já passo raiva com livros “normais”, imagina com um que tem algo que é totalmente contra tudo aquilo que eu defendo??
Eu não li nem a fanfic do livro, pra você ter uma ideia, mas agora fiquei com menos vontade ainda de ler! hahahahahhaa

Beeijo, Anelise!

[Responder]

Já comentou 76 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#6 Lygia 20-10-2012 - 13:06 -
Google Chrome 24.0.1297.0 Windows 7

Eu não colocaria ‘Belo Desastre’ como literatura erótica. Acho que ele se encaixa nessa categoria que muitos dizem como New Adult. De cenas obscenas, esse livro não tem nada, somente palavras com conteúdo forte mesmo! ^^

Outro livro que se passe em ambiente da universidade é a série Sociedade Secreta, da Diana Peterfreud, que por acaso, é muito boa! :D

Beijos!

[Responder]

Tatiana responde:

Google Chrome 23.0.1271.64 Windows 7

Que bom saber disso, Lygia! Eu tinha visto em muitos lugares que ele se enquadraria como esse New Adult, mas quando vou nas livrarias, por exemplo, ele está sempre no meio desses da nova literatura erótica! hahahahaha Pelo menos não tem cenas obscenas, não é mesmo?
E muuuito obrigada pela sugestão da Sociedade Secreta! Eu morro de vontade de ler esses livros! :26 Já está anotado!

Beijo beijo beijo!

[Responder]

Você já comentou 19 vezes.