entrevistas category image
Bate Papo com Ana Cristina Melo
Tuesday 03/08/2010 às 09:01 2589 Views Arquivado em: Entrevistas

A entrevista deste semana foi com a autora de Caixa de Desejos, livro infanto juvenil super bacana que vocês ja conferiram aqui no blog! A Ana gentilmente topou responder algumas perguntinhas aqui pro blog e eu adorei conhecer um pouquinho mais sobre ela e sua carreira. Ah também super apoio a campanha dela sobre os autores nacionais! O autor Luis Eduardo Matta citado por ela tb é autor amigo do Bookaholic e logo vocês terão novidades dele por aqui! Um beijo grande =*

1) Você sempre teve vontade de escrever um livro? Essa é uma vontade que você teve depois de adulta ou te acompanha desde a infância?

A vontade de escrever me acompanha desde que amei a literatura, isso aos nove anos. Por eu ter acabado em outra profissão, a vontade ficou adormecida. Flertei com ela de novo quando publiquei meu primeiro livro de Informática. Foi uma grande felicidade, sem dúvida, mas sentia que ainda faltava algo. E, há seis anos, acabei descobrindo o que era: escrever ficção.

2) Além do livro infanto-junenil, você tem vontade de escrever em outras áreas? Eu sei que você já tem livros técnicos publicados, mas pensa em algum dia escrever para adultos, um romance, policial, fantasia etc?

Na realidade, já escrevo também para o público adulto. Tenho contos publicados em antologias, um livro de contos ainda inédito e um romance quase pronto. Também tenho um projeto engavetado na linha da fantasia. Só não tenho nada previsto para o gênero policial.

3) Seu livro Caixa de Desejos tem uma historia encantadora, você se inspirou em alguém que conhece para criar os personagens?

Não houve inspiração na realidade, a ideia da caixa me surgiu e resolvi trabalhar com ela. Apenas emprestei para a Marília o meu amor pela literatura. Não convivi com os meus avôs, então Caixa de Desejos me permitiu recriar a minha avó e esse relacionamento que não tive.

4) Pode se dizer que a Marília se parecia com você na pré-adolescência?

Em poucos pontos, a começar pela minha casa que nunca foi um hotel (rs), pelo contrário, pouco recebíamos visitas. O que a Marília menina tem com a Ana menina é o fato de eu ter sido CDF, assim como a Marília é nerd (rs). Mas eu tive grandes amigas, uma delas, inclusive, minha querida irmãzinha Simone, é minha amiga até hoje. De resto, só o amor pela literatura, mas a Marília tem uma biblioteca muito mais vasta do que eu tive. Aliás, só comecei a ter livros em casa com as leituras obrigatórias do colégio.

5) Se você tivesse um dia na pele de Marília, o que você faria? Que momento do livro você gostaria de ter vivido com ela (ou no lugar dela)?

Eu gostaria de ter vivido essa relação da Marília com a avó. Mas em contrapartida a Marília lidou muito melhor com essa perda do que eu lidaria. Agora, certamente, se eu tivesse na pele da Marília, teria cometido muito mais mico do que ela, na relação com o Leo. Eu sou muito atrapalhada. (rs)

6) Qual seu autor favorito (um nacional e um estrangeiro)

É tão difícil eleger um só. Para o nacional, sou doidinha por Machado de Assis, Fernando Sabino, Clarice Lispector e Lygia Bojunga. Mas se tem que escolher um, então fico com Lygia Bojunga.
Para o estrangeiro, fico com minha primeira paixão: Gustave Flaubert.

7) E livro, algum te marcou mais que os outros?

A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga, sem dúvida. Mas têm outros que vem logo atrás. Um deles é Madame Bovary, de Flaubert. Dom Casmurro foi outro livro que me arrebatou. Gosto de toda a obra de Machado, mas esse é o meu preferido. Já os contos de Felicidade Clandestina de Clarice Lispector me mostraram uma escritora que poucos enxergam.
Olha só você me perguntando um livro e eu te dando quatro (rs). Mas realmente é muito difícil ficar em apenas uma opção.

8) Se pudesse ser um personagem de algum livro, quem você seria?

Essa é fácil e não vou apresentar mais do que um. Sempre, sempre, Emília, de Monteiro Lobato. Não tem outro personagem. A Emília vive em mim. Eu sou a própria boneca de pano com a sua canastra.

9) Obrigada pela entrevista, gostaria de deixar alguma mensagem para os leitores do Bookaholic?

Eu é que agradeço o seu carinho pelo meu livro e por mim. Minha mensagem final é: leiam, sem preconceitos. Quem ama literatura, ama ler e vale experimentar vários gêneros. Da mesma forma em que se percebem preconceitos com leituras de livros de fantasia, como é o caso de Harry Potter, há preconceitos com livros clássicos. E literatura não tem sexo, idade ou gênero. Em alguns blogs que fechei parceria, vi alguns comentários sobre o meu livro, dizendo que não apreciam literatura infantil. Às vezes, temos uma ideia errônea. Literatura é literatura sempre, para qualquer idade. Um livro juvenil, como é o caso de Caixa de Desejos, estabelece uma idade mínima, nunca uma idade máxima. E cada idade fará uma leitura diferente dele. A Bolsa Amarela de Lygia Bojunga é classificado como literatura infantil, mas é um texto de arrepiar qualquer adulto.
E leiam o autor nacional. Há ótimos autores estrangeiros, mas precisamos descobrir nossos autores. Deixo a dica de uma autora contemporânea com romances belíssimos: Livia Garcia-Roza. E para quem gosta de policiais, experimente os livros com o detetive Espinosa de Luiz Alfredo Garcia-Rosa. Fechando a dica (nossa, nunca consigo parar em um, não é? rs), leiam um grande amigo, o maior autor de thrillers que temos: Luis Eduardo Matta. “O véu”, seu último livro, é uma preciosidade.




Sobre o autor do post:

Meu nome é Priscila, mas por favor me chame de Pri, não sou uma pessoa de muitas formalidades... Sou designer e social media por formação mas larguei tudo e abri um pet shop porque sou dessas que não tem medo de largar tudo e começar de novo quantas vezes for preciso se isso me fizer feliz. Ler é um dos meus passatempos favoritos, por isso criei o Bookaholic para compartilhar com vocês um pouco do que leio e sobre o universo literário!
E-mail: priscilabraga@gmail.com



Posts Relacionados







:38 :37 :36 :35 :34 :33 :32 :31 :30 :29 :28 :27 :26 :25 :24 :23 :22 :21 :20 :19 :18 :17 :16 :15 :14 :13 :12 :11 :10 :09 :08 :07 :06 :05 :04 :03 :02 :01


12 Comentários em “Bate Papo com Ana Cristina Melo”


#1 Valéria Araujo 03-08-2010 - 09:19 -
Google Chrome 5.0.375.125 Windows Vista

Ainda não li “Caixa de desejos”, mas a primeira vez que vi a capa do livro, imediatamente, lembrei do livro “A bolsa amarela” de Lygia Bojunga. É um livro adorável. Quem ainda não leu, não se arrependerá. É quase impossível não desejar ser um escritor, quando lemos “A bolsa amarela”
Vou ler com certeza “Caixa de desejos”
Adorei o post.

[Responder]

Você já comentou 3 vezes.

#2 Tathy 03-08-2010 - 09:39 -
Mozilla Firefox 3.6.8 Windows XP

Adoreeeei o bate papo com a Ana, Pri!

Ela é mto fofa! Conversar com ela, é como conversar com vc por exemplo :) Super gente boa e bookaholic como nós =D

@tathys

[Responder]

Já comentou 73 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#3 Luana 03-08-2010 - 10:40 -
Mozilla Firefox 3.5.11 Windows 7

agora só me faz querer mais o livro.

bjs

[Responder]

Comentou pela primeira vez, seja bem-vindo!

#4 Fernanda Leite de Souza 03-08-2010 - 11:51 -
Google Chrome 5.0.375.125 Windows 7

Que fofa que ela é!
Estou louca para ler o livro, não vejo a hora de comprar!

Beeijo!

[Responder]

Já comentou 447 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#5 Fabiana Rocha 03-08-2010 - 12:36 -
Internet Explorer 8.0 Windows 7

ADOREIIII!!!! Muito legal a entrevista…
vou anotar essas dicas, a Ana Cristina parece ser uma pessoa muito fofa, fiquei com mais vontade de ler Caixa de desejos
Isso que ela falou é muito verdade, temos que ler mais autores brasileiros
xauzinho =)

[Responder]

Você já comentou 11 vezes.

#6 Lanna 03-08-2010 - 12:52 -
Mozilla Firefox 3.6.8 Windows Vista

o livro (que por acaso eu não ganhei T.T) é um xuxu, a autora é um xuxu e é bookaholic

ganhou meu s2 !

[Responder]

Já comentou 59 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#7 Camila 03-08-2010 - 13:28 -
Mozilla Firefox 3.1b3 Windows XP

Adorei o jeito despojado da entrevistada da vez, parece ser uma fofa, daquelas pessoas que dá gosto de conversar por hooooras! Fiquei super entusiasmada pra ler tanto o livro dela como as indicações. Me lembrei bastante de “Clarissa” do Érico Veríssimo, quando ela comenta sobre o “Caixa de desejos”. Fiquei louca pra ler! :02

[Responder]

Você já comentou 13 vezes.

#8 Dana 03-08-2010 - 13:58 -
Mozilla Firefox 3.6.8 Windows XP

Que legal! =)
A autora parece tão paciente e doce, adorei as dicas de leitura q ela passou, e a mensagem sobre o preconceito com a leitura.
Com certeza o livro dela está entre os que irei ler, e tb, A Bolsa Amarela :23
Beijoks!

[Responder]

Já comentou 258 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#9 Mellory 03-08-2010 - 14:10 -
Google Chrome 4.0.223.16 Windows Vista

Olá, Priscila!
Adoro entrevistas, tanto estrangeiras quanto nacionais. Mas as nacionais são ótimas para descobrir um pouquinho mais sobre nosso “patrimônio”, não? Adorei saber mais sobre a Ana, e gostei muito das dicas dela. Estou louca para ler algo a Lygia Bojunga!

[Responder]

Você já comentou 13 vezes.

#10 Nauane Karoline Brazolino Dias 03-08-2010 - 14:39 -
Google Chrome 5.0.375.125 Windows 7

Muito fofa a entrevista :23 Adoro entrevistas com autores nacionais :18 :18

[Responder]

Você já comentou 9 vezes.

#11 Thays 18-11-2010 - 17:50 -
Google Chrome 7.0.517.44 Windows 7

adorei a entrevista! morro de curiosidade pra ler o livro dela
:)

[Responder]

Já comentou 139 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#12 Priscila Gonçalves 07-01-2011 - 20:09 -
Google Chrome 8.0.552.224 Windows XP

que legal essa entrevista..
tô louca nesse livro, mas ainda não tive a oportunidade de comprar (E nem ganhar nenhum sorteio :24 )
achei a Ana super fofa pelas respostas…
ganhou minha simpatia
se ela quiser divulgar o livro no meu blog é só entrar em contato
Bjooo

[Responder]

Você já comentou 19 vezes.