entrevistas category image
Bate Papo com Khêder Henrique
Thursday 29/12/2011 às 08:16 1594 Views Arquivado em: Entrevistas

Olá amigos do Bookaholic! Vocês acharam que eu ia voltar só em 2012? Não…aqui estou para fazer o último post do ano da sessão Bate Papo Com. E como estamos quase virando o ano, quero agradecer pelo carinho que você me receberam aqui, quando cheguei no blog entre fim de março, início de abril. Obrigada pelo carinho e por acompanharem a coluna. Quero desejar um 2012 maravilhoso a todos vocês, que muitos livros ótimos cheguem até vocês (seja por compra, presente, brinde, hehehe) e que vocês tenham momentos mágicos de leitura. Abraços cheios de carinho à todos vocês! Bom, agora, vamos conferir o último entrevistado de 2011? Ele é o Khêder Henrique, autor do livro O Poder do Fogo.  Espero que gostem da entrevista e vamos comentar, quero saber a opinião de vocês!

1) Quando comecei a montar a entrevista, não consegui conter minha curiosidade em ver um nome diferente como o seu: Khêder. O nome seu foi inspirado em algum personagem de livro ou filme? Saberia nos dizer a origem de seu nome?

A origem do meu nome é árabe. Ele é uma homenagem a um amigo dos meus pais dos tempos de faculdade deles. Esse amigo deles era árabe. Eu não. Sou bem brasileiro. Nasci em São Paulo, minha mãe é de Belém do Pará e meu pai é mineiro.
Segundo meus pais, esse nome significa “guerreiro” e a forma como é escrita é um “aportuguesamento” do nome original cuja grafia não existe na nossa língua. O original seria algo como “khödr”, mas pronuncia-se “quêder”. Parece difícil a princípio, mas é simples quando se pega o jeito….rs

2) Você concluiu duas faculdades: jornalismo e gestão de recursos humanos. Até que ponto o que você aprendeu nas faculdades ajuda você no desenvolvimento de uma história? Existe alguma ligação ou um fato é independente do outro?

Boa pergunta! Eu acredito que TUDO que nós aprendemos e vivenciams em nossas vidas nos ajuda a contar histórias. Sempre gostei da arte de narrar. Por isso, desde jovem busquei aprimorar isso, fiz diversos cursos que pudessem me inspirar, de cursos de Introdução a Astronomia (!) a Histórias em Quadrinhos. De oficinas de Teatro e Fotografia a redação.
A faculdade de Jornalismo foi marcante para abrir minha mente e desenvolver minha habilidde para melhorar minha comunicação em suas mais variadas formas. Seja escrita, verbal, etc.
Muita gente não entende a relação das duas faculdades. Ocorreu que em determinado momento eu mudei de área (do jornalismo para o varejo). Foi quando passei a mininstrar treinamentos para novos colaboradores da empresa onde trabalhava na época. Adorei isso (aprendemos MUITO quando ensinamos algo), por isso a segunda faculdade.  Gestão de Recursos Humanos não se limita a gestão de uma folha de pagamento, vai além. O RH estratégico pensa em capacitar pessoas, pesquisar a remuneração salarial ideal para tais pessoas e busca sempre mantê-las motivadas.
Rh é uma forma de comunicação empresarial e o Jornalismo, antes de tudo, é uma faculdade de comunicação. Daí o link.
Coincidentemente, O Poder do Fogo foi escrito justamente na época que fiz essa mudança de área (estava procurando estágio na área de RH) e é um livro cujo tema principal são as escolhas a serem feitas pela protagonista Kiara. Dizem que todo livro, de certa forma, é autobriográfico. Se isso é verdade, essa história de bastidores apenas reforça essa idéia.

3) Você gosta de histórias em quadrinhos, já pensou em trabalhar com isso? De repente adaptar seu livro O Poder do Fogo em uma HQ?

Sim, já fiz um curso de Histórias em Quadrinhos. Mais para aprender narração visual do que desenhar propriamente. Eu costumava desenhar por hobby. Não tenho talento pra isso.
Na verdade, existem conhecidos meus que desenham profissionalmente de verdade que já conversaram comigo a respeito de eu criar roteiros para eles produzirem a arte. Mas nada de concreto ainda está definido.
Seria o máximo ver O Poder do Fogo transportado para outras mídias. Cinema, televisão ou uma história em quadrinhos. Acho que um mangá (quadrinho japonês) de O Poder do Fogo ficaria bem interessante.

4) Seu livro O Poder do Fogo, mistura romance, ficção e fantasia. Qual foi sua fonte de inspiração para a criação da história? Nos conte um pouquinho sobre a história.

Como mencionei anteriormente, eu escrevi o livro em um momento da minha vida que eu mesmo estava passando por mudanças na minha vida profissional e tendo que fazer escolhas. Inconscientemente, isso entrou no enredo. Bem como essas influências. Gosto de fantasia e, particularmente, da questão dos elementos, pois eles são metáforas prontas para diversas interpretações.
As fontes de inspirações são diversas, de livros que li e filmes que asisti a experiências que vivi e pessoas que conheci. Alguns personagens, sem dúvida, são levemente inspirados em pessoas que existem de verdade.
O Poder do Fogo narra a história de Kiara Ancessus, uma jovem de 14 anos que vive em Diaspos, uma vila que fica ao sudeste do mítico continente de Myruna. Nesse lugar ocorrerá um grande evento para definir os rumos profissionais dos adolescentes da região.

Todos estão contentes com a aproximação do evento. Menos a Kiara porque ela não leva aptidão pra nada do que fazem  na cidade dela.
Secretamente, ela nutre interesse em conhecer mais sobre os elementares (pessoas capazes de controlar os elementos da natureza), pois sua mãe foi uma elementar que morreu muito jovem.
Entretanto, seu pai superprotetor é contra uma vida de aventuras e perigos para sua filha. Dividida entre agradar a família ou fazer o que ela gosta, ela inicia uma jornada de aventuras e descobertas.

5) Myruna é o nome do continente fictício onde a história se passa. Quando pensou em criar a história neste lugar, se baseou em algum lugar real?

Geograficamente, penso muito no Brasil. Diaspos fica ao sudeste do continente (assim como São Paulo onde eu moro). A capital Myrune fica no centro do continente, assim como Brasília, etc.
O Brasil é um país de proporções continentais e por isso também possui uma rica diversidade cultural, religiosa e até climática (o frio do sul contrasta com o calor do norte, por exemplo).

6) O Poder do Fogo terá continuação? Se sim, tem alguma previsão para quando?

O Poder do Fogo é uma séria de quatro livros. Ainda não tenho a previsão de lançamento do segundo livro. Esse lançamento depende da performance de vendas do primeiro livro. Portanto, quando mais ele vender no menor tempo possível, mais rapidamente o segundo volume será lançado.

7) Já imaginou seu livro adaptado para o cinema? Gostaria que quais atores/atrizes fizessem quais personagens se esta idéia se transformasse em realidade?

Sim! Certa vez, até fui convidade pela Revista Fantástica a imaginar um elenco para um filme baseado no livro. O link da matéria é esse: http://www.revistafantastica.com.br/materias/materia.php?Cat=Filme&idMateria=15

8) Além deste livro, tem algum outro projeto?

Primeiro, quero terminar O Poder do Fogo. Tenho outras histórias de fantasia que gostaria de narrar mas que possuem contextos diferentes da trama em que a Kiara está envolvida. Quero também escrever livros que fujam um pouco da fantasia. Tem muita gente que me pede para escrever sobre temas diversos, tais como uma história de amor, etc.

Além de escritor, sou bancário e atualmente estou envolvido com um projeto da Secretaria de Cultura da cidade de São Paulo e da Unesp chamado De mão em mão que promove o empréstimo gratuito de obras literárias para incentivar a leitura.

9) A internet atualmente está ajudando muito na divulgação de novos talentos do mundo literário. Até que ponto você acredita na influência da internet no mercado literário?

Sem dúvida. A internet é uma forma poderosa de comunicação. Em especial, a blogosfera. Autores como eu (que estão iniciando nessa estrada) possuem pouco espaço para divulgar seus projetos. A internet é uma poderosa alidada nesse sentido.

10) Agradecemos muito a entrevista Kheder. Deixamos este espaço para seu recado final aos leitores do Bookaholic.

Em primeiro lugar, obrigado pelo espaço e gostaria de dizer aos leitores do Bookaholic que leiam mais literatura nacional. Não somente a fantástica. Não se limite a lista dos livros mais vendidos da Veja. Leia o que é produzido por aqui. Tem muita gente desconhecida ainda e que tem muito talendo. Dê uma oportunidade para os novos autores, tenho certeza de que irão se surpreender.




Sobre o autor do post:

Olá, meu nome é Fernanda, moro no RS, tenho 30 anos e sou bacharel em Sistemas de Informação. Além da tecnologia outras paixões fazem parte de minha vida: filmes, livros, músicas, fotografia. Sempre amei ler e procuro sempre estar lendo algum livro. Escrever é uma de minhas manias, além de escutar música e fotografar (de forma amadora) objetos e paisagens quando sobra tempo livre. Aqui no Bookaholic sou responsável pela seção “Bate Papo Com…”, conto com vocês para prestigiar a coluna!
E-mail: rl.nanda@yahoo.com.br



Posts Relacionados







:38 :37 :36 :35 :34 :33 :32 :31 :30 :29 :28 :27 :26 :25 :24 :23 :22 :21 :20 :19 :18 :17 :16 :15 :14 :13 :12 :11 :10 :09 :08 :07 :06 :05 :04 :03 :02 :01


5 Comentários em “Bate Papo com Khêder Henrique”


#1 Adrielly 30-12-2011 - 12:40 -
Google Chrome 16.0.912.63 Windows XP

Adoreeeeei! Que lindo o último post do ano! feliz ano novo, muita paz, saúde e sucesso para tudo, muitos livros para 2012, espero que aproveite muito a virada hehe.

Eu sou de Belém do Pará como a mãe dele /o/ O Khêder fez bastante cursos hein? Adorei! Já ouvi várias pessoas falarem que não possuem talento para desenhar e desenham muito bem hahaha. Adoro autores simpáticos, weee!

Nunca li o livro dele, mas sempre me interessei e essa capa está convidativa e maravilhosa! Já está na minha listinha *-*

[Responder]

Você já comentou 38 vezes.

#2 Yara Prado 30-12-2011 - 15:05 -
Google Chrome 16.0.912.63 Windows 7

Ah, que legal… O ultimo post do ano…
Muito legal a entrevista, eu não me lembro muito bem, mas acho que já li/ouvi alguma coisa a respeito deste livro…
E, nossa, que elenco hein?
Ia ficar um filme muito bom, com certeza… (Principalmente por causa da Isabelle Drummond… Adoro ela…rsrsrs)
Bjs e que ano que vem, muitas outras entrevistas boas igual esta possam aparecer por aqui…

[Responder]

Já comentou 802 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#3 PRISCILA DO AMARAL 30-12-2011 - 16:48 -
Google Chrome 16.0.912.63 Windows 7

Tive o prazer de conhecer o Kheder na Bienal do Rio e estou tmo curiosa pra ler o livro dele, so tenho ouvido elogios a respeito, bjs e parabens pelo bate papo Pri

PRI E OS LIVROS

[Responder]

Você já comentou 46 vezes.

#4 rudynalva soares 30-12-2011 - 23:27 -
Mozilla Firefox 8.0 Windows XP

PRI E EQUIPE!
Desejo que tudo o que almeja, torne-se realidade…
Que o amor pelo próximo seja uma constante em seu viver e que sua jornada esteja sempre repleta de bênçãos angelicais!
Que nesse final de ano você possa somar todas as alegrias e dividir seu entusiasmo de ser feliz com os que ama e quer bem!
Muita saúde, paz e amor em seu coração!
PRÓSPERO ANO DE 2012!!
Cheirinhos
Rudy

[Responder]

Já comentou 323 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!

#5 Óticas 04-01-2012 - 10:54 -
Google Chrome 16.0.912.63 Windows 7

É um bom livro para ler nessas férias .=)

[Responder]

Já comentou 104 vezes e é um verdadeiro Bookaholic!