O Voo da Borboleta

borboletas

 

Palavras tem vida própria e não tem hora nem dia, tampouco precisam de motivo… Palavras são borboletas. São borboletas que ganham os céus e podem perder-se no vento ou mesmo escolher que ficam, e aí, borboletam no estomago. Borboletas no jardim, na rua, nos livros e dentro de mim. E de todos. Polinizam aquilo que cada um carrega dentro de si e por isso mesmo há risos tristes e felizes pela avenida. Cada um transborda o que o coração carrega. Borboletas são meu grito de liberdade e prisão. A borboleta é a Flor quando torna-se Palavra… E ela voa… e um dia não se poderá mais alcançar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *