off-topic category image
Sobre Liberdade
Tuesday 16/11/2010 às 18:58 1686 Views Arquivado em: Off Topic

Eu faço de tudo para não me envolver em certas situações mais polêmicas, mas chega um ponto em que eu não aguento mais ver certas coisas acontecendo e simplesmente cruzar o braço e fingir que não é comigo. De certa forma é e não é. Vocês entenderão logo mais porque digo isso… Dessa vez, eu falo como blogueira e nada mais. Falo pela liberdade de opinião, de gostar ou não de um livro e ter autonomia para dizer o que penso, sem medo de magoar ninguém.

EU NÃO TENHO OBRIGAÇÃO NENHUMA DE GOSTAR DESSE OU DAQUELE LIVRO. Tem gente que gosta de vermelho e tem gente que gosta de azul, tem gente que gosta de rock e tem gente que só ouve música clássica, há quem goste de vatapá e há quem goste de creme brulée. As pessoas são diferentes e tem gostos diferentes, certo? Então me explica, por que certos autores acham que TODOS tem obrigação de gostar e falar bem de um certo livro? Eu costumo dizer que desconfio de livros que todo mundo gosta e só vejo criticas 100% positivas sobre ele; alguém não esta sendo sincero porque é IMPOSSÍVEL um livro agradar a todos os gostos. Como blogueira, eu não gosto de “falar mal” de um livro e nada é tão ruim pra mim do que fazer uma resenha negativa sobre um livro que não tenha me agradado, o que não quer dizer que eu não o faça simplesmente para não magoar a alguém. Mas me diga, qual o sentido de uma resenha que não fala o que o blogueiro pensa realmente? A função da resenha não é ser critica?

Estou escrevendo este post porque semanas atras me decepcionei muito com uma autora que gosto muito mas teve uma atitude absurdamente errada com uma leitora que abandonou seu livro no Skoob. Como se não bastasse, há tempos atrás venho reparando em certos autores que tiram satisfação dos leitores que avaliaram seus livros com estrelinhas de menos no Skoob. E hoje, chega aos meus ouvidos uma historia de um autor que além de criar perfis fakes no Skoob para super avaliar seu livro e denegrir outros do gênero, ele entra em contato com a blogueira que resenhou o livro e diz que a resenha dela não esta “correta”,que ela deveria ter lido o livro por um outro “ângulo” e que a resenha dela deveria ser de outro jeito. Sr. Autor, me desculpe, mas você tem autonomia total sobre o SEU LIVRO, mas de modo algum você pode interferir no que eu falo sobre ele! A resenha critica é MINHA e a opinião também então você não tem controle. Ja aconteceu de eu resolver mudar a avaliação no Skoob de um certo livro que ja tinha resenhado aqui no blog e o autor me mandar um e-mail perguntando o porque de eu ter feito aquilo, querendo satisfações do porque de eu ter dado menos estrelinhas do que antes pro livro dele. Já vi autores e autoras fazendo isso no Twitter e no próprio Skoob e acho uma tremenda sacanagem! Cadê a liberdade e a imparcialidade? Se você tem certa intimidade com o autor, ele pode é claro te perguntar sobre o livro, o que ele poderia ter melhorado e tudo mais; mas fazer isso publicamente ou ainda criticar a resenha do livro eu acho uma tremenda sacanagem! Isso envolve também as parcerias é claro… não é porque um autor te mandou um livro dele para análise que você tem que cobrir o livro de elogios mesmo não tendo gostado! Alias, os bons autores não esperam que você faça isso… Se ele quisesse alguém pra falar bem do livro dele, ele contratava uma agencia de publicidade, um marketeiro ou qualquer coisa do gênero. Uma vez que ele escolheu o blog como fonte de divulgação, ele escolheu ter uma opinião verdadeira e critica da pessoa por tras do blog; ele está disposto a ouvir seja lá qual for a avaliação, seja ela positiva ou negativa e aceita-la como um feedback daquilo que ele escreveu.

Essa história toda, não aconteceu comigo de forma direta, mas chegou aos meus ouvidos e me comoveu quando ouvi que as meninas estavam revoltadas com a idéia de que o autor dos perfis fakes se virasse contra elas e tentasse denegrir a imagem do blog e das garotas por trás dele. Me desculpe mais uma vez Sr. Autor, mas se isso chegar mesmo a acontecer, só vai provar que sua falta de maturidade para lidar com criticas é muito maior que que pensávamos.

Meu blog existe antes de mais nada para incentivar e promover livros e autores em especial os nacionais, mas eu sinto vergonha em ver casos como este acontecendo por ai. Este post não tem necessidade de promover ninguém e nem de fazer fofoquinha e por isso que não citei nome nenhum pois não é essa a finalidade dele; mas escrevo como um desabafo, pela liberdade e imparcialidade das resenhas críticas, pela liberdade de usar minhas estrelinhas do Skoob como eu quiser! Eu não tenho obrigação nenhuma de gostar deste ou daquele livro, e ler pra mim ainda é um dos maiores prazeres da vida, algo que faço simplesmente porque gosto, ou melhor, AMO. Este blog, se reserva ao direito se ser verdadeiro hoje e sempre, e não fazer média para agradar sicrano ou beltrano! Eu, Priscila, procuro ser assim e meu blog não será diferente. Quanto a você, Sr. Autor, no seu lugar eu me preocuparia em melhorar a escrita e a história do livro. Um livro bom se auto-promove e dispensa qualquer tipo de artimanha para vender. Coloque suas energias em melhorar sua escrita; o resto, vem naturalmente…



Sobre o autor do post:

Meu nome é Priscila, mas por favor me chame de Pri, não sou uma pessoa de muitas formalidades. Ler é um dos meus passatempos favoritos, por isso criei o Bookaholic para compartilhar com vocês um pouco do que leio entre outras paixões que compõe o meu mundo. Fã de séries, filmes e outras coisinhas do universo nerd, publico aqui também um pouco do meu dia-a-dia. Designer por formação, corretora por profissão, sou evangélica, fã de super heróis, e de Contos de Fadas, de Friends e Gilmore Girls, para sempre uma apaixonada por literatura, girly stuffs, viagens, filmes, séries e boa música. Mãe de três peludos lindos: Summer, Bridget Jones e Ártemis.
E-mail: priscilabraga@gmail.com



Posts Relacionados








39 Comentários em “Sobre Liberdade”