Sou pago para mentir? 07/11/2012
Como já bem nos advertia o genial Fernando Pessoa, “o poeta é um fingidor/ finge tão completamente/ que chega a fingir que é dor/ a dor que deveras sente”. Mas e os romancistas, são fingidores também? Poucas questões são tão recorrentes na minha carreira literária vindas dos que lêem o que escrevo quanto “mas aquilo aconteceu mesmo?” ou “o personagem fulano é você?” As respostas, ainda que pudessem tecnicamente serem reduzidas a “sim” ou “não”,

Categoria: Literatura e Blá Blá Blá - 2 Comentários
Tags: , , , , , , ,
648 palavras - Postado por: